G1 Santos

Homem é filmado pichando ‘palestina livre’ em templo judaico; VÍDEO

today8 de janeiro de 2024 9

Fundo
share close

Um homem, ainda não identificado, foi filmado vandalizando o muro e as portas de uma sinagoga, templo religioso judaico, no bairro Vila Nova, em Santos, no litoral de São Paulo. Imagens obtidas pelo g1, nesta segunda-feira (8), mostram o momento em ele pichou ‘palestina livre’ e ‘paz’ na Sinagoga Bet Jacob (veja o vídeo acima).

O grupo palestino Hamas, que controla a Faixa de Gaza, lançou um ataque surpresa a Israel, matando mais de 1,4 mil pessoas e capturando reféns, em 7 de outubro do ano passado. Israel reagiu com bombardeios e, desde então os confrontos continuam, ultrapassando 22 mil mortes. (leia mais abaixo)

O presidente-executivo da Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp), Ricardo Berkiensztat, afirmou que a situação é preocupante. “Para nós isso acaba sendo a importação do conflito do Oriente Médio. Nós não temos histórico no Brasil de conflitos entre comunidades e religiões” .



Homem foi filmado pichando ‘palestina livre’ em templo religioso judaico no litoral de SP — Foto: Reprodução

Segundo Berkiensztat, a situação mostra o crescimento do radicalismo e extremismo. “A gente pretende cortar pela raiz e continuar vivendo bem”. Para ele, a situação ultrapassa um ato de vandalismo porque foi escolhida a porta da única sinagoga de Santos para realização da pichação.

“É uma manifestação política e, talvez, para causar medo na comunidade judaica local”, disse o presidente-executivo do Fisesp.

A diretoria da sinagoga Bet Jacob disse ao g1 que considera o ato como um ataque antissemita, ou seja, um caso de ódio aos judeus, de acordo com a definição de antissemitismo da Aliança Internacional em Memória do Holocausto (IHRA).

“Injustamente, as inscrições atribuíram aos judeus brasileiros, enquanto coletividade, certo grau de responsabilidade pelas ações do Estado de Israel, o que, além de não ser verdadeiro, remete ao antigo estereótipo antissemita de que os judeus são mais leais a Israel e a causas judaicas internacionais do que aos países dos quais são cidades”, disse a diretoria em nota.

Sinagoga Bet Jacob, em Santos, é alvo de ato de vandalismo — Foto: Arquivo Pessoal

Segundo o boletim de ocorrência, câmeras de monitoramento da entidade religiosa flagraram a ação, e o representante do templo acredita que o fato tenha relação com sentimentos de ódio, preconceito e discriminação.

O caso foi registrado no 2° Distrito Policial (DP) de Santos como crime de meio ambiente – pichar, grafitar ou por outro meio conspurcar (sujar ou manchar) edificação ou monumento urbano. Depois o caso foi encaminhado ao 4º DP, responsável pela área, onde é investigado.

Em nota, a Prefeitura de Santos, por meio da Secretaria de Segurança, informou que a Guarda Civil Municipal (GCM) intensificou as rondas no local da ocorrência, e informou que as imagens do Centro de Controle Operacional (CCO) serão encaminhadas à PM para contribuir na investigação do caso.

Israel declara guerra após ataque do Hamas; entenda

Israel declara guerra após ataque do Hamas; entenda

O conflito entre Israel e Palestina já dura décadas. Em sua forma moderna, remonta a 1947, quando as Nações Unidas propuseram a criação de dois Estados — um judeu e um árabe — na Palestina, sob mandato britânico. A proposta foi aceita pelos líderes judeus, mas rejeitada pelo lado árabe e nunca foi implementada.

Sem capacidade de resolver a situação, os governantes britânicos partiram e o Estado de Israel foi proclamado pelos líderes judeus no ano seguinte, causando revolta entre os palestinos e resultando na Guerra árabe-israelense de 1948.

Em meio a diversos impasses sobre os territórios, em 1967 veio a Guerra dos Seis Dias, que mudou o cenário na região. Vitorioso, Israel tomou à força a Cisjordânia e Jerusalém Oriental, então sob controle da Jordânia, bem como a Faixa de Gaza, sob administração egípcia. À época, 500 mil palestinos fugiram.

Desde então, em meio a outros conflitos e enfrentamentos, o país anexou Jerusalém Oriental (onde estão localizados santuários venerados por cristãos, judeus e muçulmanos) e continua a ocupar a Cisjordânia, mas se retirou em 2005 da Faixa de Gaza, controlada pelo movimento islâmico Hamas desde 2007.

A solução de referência da comunidade internacional é a criação de um Estado palestino que coexista em paz com Israel.

A resolução do conflito, no entanto, ainda se choca em disputas que parecem cada vez mais insolúveis, como a segurança de Israel, as fronteiras, o estatuto de Jerusalém e o direito de retorno dos refugiados palestinos que fugiram ou foram expulsos de suas terras, por exemplo.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

idoso-cai-de-paraglider-e-sofre-multiplas-fraturas-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Idoso cai de paraglider e sofre múltiplas fraturas no litoral de SP

Vítima de 61 anos foi socorrida e levada à UPA de Itanhaém, onde aguarda transferência por meio do sistema Cross. Idoso cai de paraglider e sofre múltiplas fraturas, em Itanhaém (SP) [imagem ilustrativa] — Foto: Arquivo Pessoal/ Josy Inacio Um idoso de 61 anos sofreu múltiplas fraturas ao cair de paraglider, na tarde deste domingo (7), em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Segundo apurado pelo g1, o estado da […]

today7 de janeiro de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%