G1 Santos

Homem é preso após fingir ser policial e doar móveis de delegacia para aplicar golpe no litoral de SP; VÍDEO

today3 de dezembro de 2023 7

Fundo
share close

Um homem fingiu ser policial civil para aplicar golpes em Itanhaém, no litoral de São Paulo. Ele dizia que tinha móveis na delegacia para doação, mas a vítima teria que pagar o frete. Em seguida, o estelionatário saía para buscar os supostos objetos e não voltava mais. As imagens obtidas pelo g1 mostram a última tentativa do criminoso antes de ser preso em flagrante. (veja o vídeo acima).

De acordo com a Polícia Civil, o homem, de 43 anos, se apresentava como investigador e, com isso, conquistava a confiança das vítimas. Ele dizia que um juiz tinha autorizado a doação ou destruição dos supostos móveis. Para buscá-los, o criminoso cobrava de R$ 80 a R$ 150.

A autoridade policial informou ao g1 que o estelionatário confessou ter aplicado o golpe em cinco pessoas, mas podem ter mais vítimas que não registraram o Boletim de Ocorrência (BO). Informalmente, ele relatou aos agentes que era usuário de drogas e, segundo as investigações, estava morando de favor em uma fábrica de blocos de concreto.



As imagens de câmeras de monitoramento mostram a última tentativa antes dele ser detido. Neste caso, o estelionatário se passou por investigador do 3º Distrito Policial (DP) de Itanhaém. O homem abordado, no entanto, desconfiou e disse que tinha um parente policial, momento em que o criminoso se assustou e foi embora, antes mesmo de receber o valor do frete.

Homem é preso após fingir ser policial doando móveis de delegacia em Itanhaém (SP) — Foto: Reprodução

O homem abordado acionou os policiais do 3º DP que, com o apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), conseguiram encontrar o falso investigador nas proximidades de onde tentou aplicar o golpe. O vídeo também mostra o momento em que ele é encontrado pelos agentes.

Após a audiência de custódia, a prisão temporária do falso investigador foi convertida para preventiva. O caso foi registrado como estelionato no 3º DP de Itanhaém.

O g1 entrou em contato com a prefeitura e com a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP), mas não teve retorno até a última atualização desta reportagem.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

casal-processa-cooperativa-habitacional-apos-comprar-imovel-na-planta-e-nao-receber-nada-em-13-anos:-‘nao-tem-um-tijolo’

G1 Santos

Casal processa cooperativa habitacional após comprar imóvel na planta e não receber nada em 13 anos: ‘não tem um tijolo’

Um casal viu o sonho de investir em um imóvel se transformar em pesadelo ao comprar um apartamento na planta e não receber nada mais de 13 anos depois em Itanhaém, no litoral de São Paulo. O advogado da família Marcus Vinicius Rosa explicou ao g1, neste domingo (2), que acionou a Justiça em uma ação por danos morais contra a cooperativa habitacional. O casal firmou negócio em novembro de […]

today3 de dezembro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%