G1 Santos

Homem é preso em maternidade suspeito de participar da morte de segurança de escolta armada

today31 de janeiro de 2024 5

Fundo
share close

O mandado de prisão foi expedido contra o suspeito, que mora no bairro Sambaiatuba. No entanto, os policiais foram informados pelo pai do criminoso que ele estava no hospital na Zona Noroeste de Santos, onde sua companheira tinha da dado à luz.

Os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Praia Grande localizaram o suspeito e cumpriram o mandado de prisão.

Pedro foi identificado a partir da coleta de imagens de monitoramento e registros feitos por testemunhas. As vítimas reconheceram o criminoso, dentre os suspeitos listados, como sendo o indivíduo armado que os abordou e que atentou contra a vida dos vigilantes da escolta armada.



Os policiais da DIG ainda solicitaram um mandado de busca e apreensão a fim de localizar a arma do crime e os demais pertences subtraídos, assim como identificar os demais participantes do crime.

Polícia prende suspeito de participar da morte de segurança de escolta armada

Polícia prende suspeito de participar da morte de segurança de escolta armada

Anderson Luiz Ferrando, de 45 anos, morreu após ser atacado por um grupo de criminosos no último dia 13, na Avenida Penedo, no bairro Catiapoã. Ele e um outro segurança faziam a escolta armada de uma distribuidora de alimentos durante o ataque.

De acordo com o boletim de ocorrência, o caminhão com os alimentos vinha de Itariri (SP) com três entregas previstas no bairro Jóquei Clube. O veículo recebeu acompanhamento da escolta a partir de Praia Grande.

Segurança morreu e outro ficou ferido durante abordagem a caminhão com carnes no litoral de SP — Foto: Reprodução/Redes Sociais

O caminhão e a viatura de escolta pararam para fazer uma entrega em uma temakeria, na Avenida Sambaiatuba. Ao lado do estabelecimento, em uma adega, um suspeito questionou a presença da escolta e deixou o local.

Por conta disso, o motorista do caminhão solicitou que os seguranças deixassem o local. Os seguranças fizeram o retorno e estacionaram o veículo na Avenida Penedo, a aproximadamente 20 metros do local de entrega.

Nesse momento, um outro suspeito abordou os entregadores e disse que iria pegar uma arma para matar um dos seguranças, pois o havia reconhecido como o responsável pela morte de um amigo.

Já armado, o suspeito retornou ao local em que o caminhão estava estacionado e obrigou os entregadores a conduzirem o caminhão para o interior da comunidade, onde teve toda mercadoria roubada pelos moradores.

Eles ainda disseram à polícia que o suspeito deixou o local acompanhado por outros dois indivíduos de bicicleta, que seguiram em direção à Avenida Penedo, onde a escola estava estacionada.

Segundo o relatório da Polícia Civil, os seguranças foram surpreendidos por um grupo e houve uma troca de tiros. As vítimas foram baleadas. Anderson chegou a ser socorrido, mas morreu antes de chegar no hospital.

Após o ataque, os criminosos ainda roubaram a arma de Anderson. O outro agente, também baleado, foi socorrido pelos policiais e encaminhado ao Hospital do Vicentino.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

youtube-demora-cinco-horas-para-derrubar-video-em-que-americano-que-matou-e-decapitou-o-pai-aparece-logo-apos-o-crime

G1 Mundo

YouTube demora cinco horas para derrubar vídeo em que americano que matou e decapitou o pai aparece logo após o crime

O vídeo ficou no ar durante cinco horas, de acordo com o “New York Times”. O YouTube confirmou que derrubou o vídeo na manhã de quarta-feira porque as imagens violavam a política do site. O canal do homem acusado do crime foi extinto. A plataforma de vídeos afirmou ao jornal que está monitorando os novos uploads para que as imagens não apareçam novamente. O homem acusado foi preso na terça-feira. […]

today31 de janeiro de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%