G1 Santos

Homem mergulha de cabeça em enchente no litoral de SP: ‘vai, Olimpíadas’; VÍDEO

today26 de janeiro de 2024 2

Fundo
share close

Um vídeo, que circula nas redes sociais, mostra um homem ‘nadando’ na enchente em Guarujá, no litoral de São Paulo. Nas imagens, é possível vê-lo com o rosto mergulhado na água, o que, segundo o infectologista Ricardo Hayden, pode causar doenças como leptospirose, que pode levar à morte (leia mais abaixo).

Conforme apurado pelo g1, o vídeo foi gravado na Rua Joana de Jesus Santos, no bairro Jardim Progresso, na última quarta-feira (24). Nas imagens, além de assistir o homem nadando, é possível ouvir as testemunhas fazendo brincadeiras.

“Só maluco. Vai, mano. Vai, Olimpíadas. Não é possível”, disse um dos presentes.



Uma outra testemunha, também não foi identificada, compara o homem ao boto-cor-de-rosa, uma espécie de golfinho de água doce encontrada principalmente na região amazônica.

De acordo com o Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), a Guarujá registrou um volume de chuva de 175 mm das 6h de quarta-feira às 6h de quinta-feira (25).

Homem é flagrado nadando em rua alagada de Guarujá (SP) — Foto: Reprodução/Redes Sociais

De acordo com o médico infectologista Ricardo Hayden, o contato com a água de enchente causa uma maceração na pele — um fenômeno que a deixa mais frágil. Com isso, bactérias conseguem penetrar e provocar doenças.

Nestes casos, Hayden explicou ao g1 que a principal doença é a leptospirose, transmitida pela urina do rato. Mas, segundo ele, a água contaminada também pode causar hepatite [infecção no fígado] e salmonella [intoxicação alimentar].

O médico ressaltou que a leptospirose é a mais comum e preocupante. A doença pode desencadear outros três problemas:

  1. Arritmias cardíacas, uma sequência de batimentos irregulares
  2. Falência nos rins;
  3. Icterícia rubínica, um processo de dilatação dos vasos sanguíneos em que o paciente fica com a pele e a parte branca dos olhos em um tom de amarelo avermelhado.

Todas as doenças transmitidas precisam de atenção e podem levar a morte. “Quando estão nessa situação mais grave, os pacientes têm que permanecer em UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sob vigilância”, finalizou o infectologista.

O g1 tentou contato com o homem, mas não o localizou. A Prefeitura de Guarujá (SP) foi acionada pela equipe de reportagem, mas não respondeu até a última atualização.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-suspeito-de-espancar-ate-a-morte-um-ex-pm-e-membro-de-grupo-de-exterminio-e-preso-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Homem suspeito de espancar até a morte um ex-PM e membro de grupo de extermínio é preso no litoral de SP; VÍDEO

A vítima tinha 49 anos, sofreu um traumatismo craniano e chegou a ser internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Santo Amaro (HSA), mas não resistiu aos ferimentos e teve morte encefálica [parada de todas as funções do cérebro] confirmada em 7 de maio do ano passado. Imagens obtidas pelo g1, mostram, ao menos quatro homens, usando capacete e madeira para agredir o rapaz, além de jogá-lo com […]

today26 de janeiro de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%