G1 Santos

Homem se revolta com sabor de pizza e atira em garçom no litoral de SP; VÍDEO

today27 de março de 2023 47

Fundo
share close

O g1 apurou, nesta segunda-feira (27), que o motivo do desentendimento do homem, identificado como Orlando Assis, de 41 anos, com o garçom, de 26, foi o sabor da pizza, que teria sido servido errado. (veja o vídeo acima)

A confusão aconteceu na Avenida Marina, no Centro. A vítima foi socorrida por testemunhas e levada à unidade de saúde. Já o atirador foi preso em flagrante por porte ilegal de arma e lesão corporal.

Vídeo mostra briga entre funcionários de pizzaria e cliente, segundos antes dele atirar em garçom em Mongaguá — Foto: Reprodução



De acordo com a Polícia Militar, agentes da 1ª Companhia do 29º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPMI) foram acionados por testemunhas. No local, os militares constaram que o cliente, autor dos disparos, estava acompanhado da esposa.

O casal teria pedido um determinado sabor de pizza, mas ao ser servido pelo garçom, o homem informou ao funcionário que aquele sabor não era o que ele havia pedido. Na sequência, segundo a PM, iniciou-se uma discussão entre o cliente e alguns funcionários. “Momento em que o cliente, de posse de um revólver, efetuou alguns disparos na direção dos funcionários”, acrescentou a corporação.

Policiais militares encontraram o suspeito e o levaram à Delegacia Sede de Mongaguá, onde ele foi preso em flagrante — Foto: Mongaguá Litoral

Na gravação obtida pela reportagem, é possível ver quando o cliente, de camiseta escura, e um funcionário usando uma camiseta branca, saem da pizzaria trocando agressões. Logo aparecem mais dois homens e uma mulher, que tentam separar a briga, afastando os homens aos socos.

Neste momento, outro homem surge correndo e acerta um soco no rosto de Orlando, que estava preso contra um carro estacionado. Poucos segundos depois, inicia-se a correria dos clientes, que fugiram ao ouvir o barulho dos tiros.

A Polícia Militar informou que, além do autor dos disparos, também foram apreendidos o revólver dele de calibre 38, dez munições intactas e um canivete.

Orlando Assis, d e41 anos, foi preso em flagrante em Mongaguá, e também foram apreendidos o revólver dele de calibre 38, dez munições intactas e um canivete — Foto: Polícia Militar/Divulgação

A reportagem conversou com uma testemunha, o criador de conteúdo digital Rafael Santos, de 26 anos, que presenciou a correria após os disparos e registrou o desespero das pessoas. (veja o vídeo abaixo)

Garçom é atingido por dois tiros disparados por cliente em pizzaria no litoral de SP

Garçom é atingido por dois tiros disparados por cliente em pizzaria no litoral de SP

“Eu estava na praça com idosos no momento da confusão. Estava fazendo vídeos quando ouvi três tiros seguido e uma gritaria muito alta. Quando eu olhei para trás, vi todo mundo correndo em minha direção. Vi idosos correndo, famílias e crianças. Foi tudo muito rápido, as pessoas se abrigaram dentro dos estabelecimentos e nas portas das lojas. Fiquei assustado com o desespero e a gritaria das pessoas, mas mantive a calma e busquei abrigo”, lembrou Rafael.

Ainda segundo a testemunha, a Polícia Militar ‘foi bem rápida’. De acordo com a corporação, os policiais foram chamados pelo telefone de emergência, 190, sendo informados sobre uma ocorrência com tiros próximo ao calçadão da Avenida Marina.

Pessoas que estavam no calçadão e na Avenida Marina, em Monagaguá, começaram a correr após ouvir os disparos — Foto: Mongaguá Litoral

Chegando ao local, os militares apuraram que um cliente havia disparado contra o funcionário de uma pizzaria, e que o atirador tinha fugido em direção a linha do trem. Conforme a PM, os agentes correram para a linha férrea e encontraram um suspeito tentando se esconder no meio do mato.

Questionado pelos policiais, o homem teria confessado que atirou no funcionário da pizzaria, afirmando que se desentendeu com a vítima e que, segundo consta no Boletim de Ocorrência, diversas pessoas teriam avançado contra ele, que, para ‘se defender’, atirou.

Criador de conteúdo digital, Rafael Santos, estava fotografando um evento de idosos em Mongaguá minutos antes de ouvir o barulho dos tiros em — Foto: Mongaguá Litoral

Após confessar o crime, o atirador mostrou aos militares onde a arma estava escondida e, na sequência, foi encaminhado à Delegacia de Polícia Sede de Mongaguá. De acordo com a Polícia Civil, o B.O foi registrado como flagrante por porte ilegal de arma e lesão corporal. Sendo assim, o autor dos tiros foi levado à carceragem e permanece à disposição da Justiça.

A vítima, porém, foi socorrida por um idoso que participava de um evento no calçadão. Segundo a Polícia Civil, o garçom foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Agenor de Campos e, depois, foi transferido para o Hospital Irmã Dulce, em Praia Grande.

Em nota, a Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), responsável pela gestão do Complexo Hospitalar Irmã Dulce, informou que o paciente está internado para observação e está estável.

Vítima, de camiseta vermelha, foi socorrida e levada à UPA por um idoso que testemunhou a correria em Mongaguá — Foto: Mongaguá Litoral

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

primeiro-ministro-de-israel-exonera-ministro-da-defesa-em-meio-a-protestos-contra-reforma-judicial

G1 Mundo

Primeiro-ministro de Israel exonera ministro da Defesa em meio a protestos contra reforma judicial

Yoav Galant, do mesmo partido conservador de Netanyahu, foi demitido após pedir pausa de um mês no controverso processo de reforma judicial impulsionado pelo governo. Manifestantes enfrentam policiais na porta do Parlamento de Israel, em Jerusalém, durante protesto contra a reforma judicial em 13 de fevereiro — Foto: Ammar Awad/ Reuters O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, exonerou neste domingo (26), o ministro da Defesa, Yoav Galant. A demissão ocorreu depois […]

today27 de março de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%