G1 Mundo

Incidente em avião da Latam: como botão no assento do piloto pode ter causado a perda súbita de altitude; Boeing pede revisão em outros 787

today15 de março de 2024 5

Fundo
share close

De acordo com o jornal The Wall Street Journal, a perda de altitude teria sido causada pelo esbarrão de uma comissária no assento do piloto.

Segundo o jornal, informações preliminares da investigação do incidente indicam que a comissária esbarrou em um botão do assento do piloto enquanto servia a refeição na cabine. O piloto foi empurrado para a frente e acabou acionando os controles que lançaram o nariz do avião para baixo.

Como medida de precaução, a Boeing pediu a todas as operadoras do modelo 787 Dreamliner, o envolvido no incidente, para que inspecionem os botões de assento da cabine dos pilotos.



Especialistas, no entanto, apontam que o mau uso do botão não explicaria, sozinho, um incidente a bordo, e que ainda haveria lacunas a serem preenchidas pela investigação.

Mas por que esse botão existe? É possível acioná-lo no meio do voo? E quais lacunas ainda precisam ser explicadas? Confira as respostas – e as dúvidas que o caso levanta – abaixo:

O que é o botão que ajusta o assento no Boeing 787?

Existem dois botões que fazem o assento dos pilotos correr de forma longitudinal na cabine. Um deles fica na lateral do banco. O outro, exclusivo do Boeing 787, o mais moderno avião de corredor duplo da fabricante, fica na parte de trás.

Segundo o mecânico de aviação e youtuber Lito Sousa, ele foi instalado para facilitar a entrada do piloto. O assento fica recolhido quando o avião não está em uso, e o piloto precisa ficar muito próximo de todos os instrumentos quando opera a aeronave (veja o vídeo acima).

Dreamliner 787-10 no Aeroporto Internacional de Newark, em Nova Jersey — Foto: AP Photo/Seth Wenig

“Através daquele botão você pode comandar o assento totalmente pra frente ou totalmente pra trás e pro lado. Aquele botão ‘bypassa’ [se sobrepõe a] algumas seguranças que têm no assento”, explica Lito.

Lito reforça que esse botão está fechado em um compartimento, que precisa ser aberto antes do acionamento

O botão da lateral do banco tem outros comandos, como o de altura. A posição do piloto em relação aos painéis e ao para-brisa é de extrema importância na aviação, e regulado por normas rigorosíssimas das agências americana e europeia de aviação. Elas servem para garantir que o piloto tenha visibilidade e acesso a todos os instrumentos.

É possível que esse botão seja acionado no meio do voo?

Como um piloto pode se ausentar do cockpit no meio do voo, desde que seu colega esteja “voando” a aeronave, é possível que ele seja acionado durante o voo de cruzeiro.

Há uma tampa de proteção, no entanto, para evitar que ele seja acionado de forma não intencional. Além disso, a regra é que o mecanismo não seja acionado quando o piloto estiver sentado.

O que ainda precisa ser mais bem explicado?

Lito Sousa atenta para uma camada de segurança extra na cabine de comando: “Existe um batente no assento que mesmo você colocando ele totalmente pra frente, ele não encosta no manche. Ou seja, comandado totalmente pra frente ele vai parar em um lugar [antes de encostar no equipamento]”, diz.

Lito pondera que não teve acesso ao relatório preliminar do incidente e que não pode comentar o caso da Latam, especificamente.

Em um vídeo em seu canal, o piloto e YouTuber Juan Browne comenta o incidente e afirma que, hipoteticamente, “se esse botão fosse acionado por alguém entrando na cabine, ele poderia jogar o piloto para a frente. O piloto automático estaria em funcionamento durante o voo de cruzeiro, mas se você pressionasse o comando forte o suficiente, o piloto automático desligaria”.

Ou seja, seria preciso uma força adicional sobre o manche para que ele saísse do piloto automático e o nariz do avião fosse jogado pra baixo, causando uma perda de altitude repentina.

Brasileiro a bordo de avião da Latam diz que avião despencou 'num piscar de olhos'

Brasileiro a bordo de avião da Latam diz que avião despencou ‘num piscar de olhos’

A Boeing não comentou o caso diretamente, mas pediu, como medida de precaução, para que todos os operadores do 787 inspecionem os botões do assento dos pilotos “na próxima oportunidade de realizar a manutenção”.

Em nota, a Latam afirmou que a empresa está colaborando com as autoridades durante a investigação.

“Em relação ao voo LA800, que operou a rota Sydney-Auckland em 11 de março, o Latam Airlines Group informa que continua trabalhando em coordenação com as autoridades para apoiar a investigação e que não compete à Latam comentar as especulações em torno do tema”, diz o texto.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

primeira-ajuda-por-mar-chega-a-costa-de-gaza;-israel-envia-negociadores-para-fechar-proposta-de-cessar-fogo

G1 Mundo

Primeira ajuda por mar chega à costa de Gaza; Israel envia negociadores para fechar proposta de cessar-fogo

A embarcação, da ONG espanhola Open Arms, inaugura a entrada de ajuda humanitária por mar a Gaza, à revelia de Israel. Os Estados Unidos, que vêm se distanciando do governo israelense, também enviaram uma embarcação com suprimentos ao território palestino, que tem previsão para chegar na semana que vem. A população de Gaza passou a receber, assim, ajuda humanitária por três vias: Por terra -- através de caminhões com envios […]

today15 de março de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%