G1 Mundo

Itamaraty desaconselha visitas a Machu Picchu, no Peru, por onda de protestos

today30 de janeiro de 2024 1

Fundo
share close

As paralisações bloquearam o transporte ferroviário de Águas Calientes, cidade de onde saem ônibus que levam os turistas até Machu Picchu.

Em comunicado, o Itamaraty desaconselha que turistas tentem entrar no distrito do parque por qualquer via – também é possível chegar ao sítio arqueológico por meio de uma trilha. Aos brasileiros que estão em Águas Calientes, o órgão pediu que os turistas entrem em contato com o Iperú, a entidade do governo peruano responsável pela assistência turística.



Símbolo do Peru, Machu Picchu ainda é destino muito procurado por brasileiros; veja alguns depoimentos

Símbolo do Peru, Machu Picchu ainda é destino muito procurado por brasileiros; veja alguns depoimentos

Veja, abaixo, a nota na íntegra:

A Embaixada do Brasil em Lima informa que desde o dia 25/01/24 têm sido registrados na região de Machu Picchu protestos e greves, envolvendo inclusive a prestação de serviços a turistas.

Desde aquela data está bloqueado o transporte ferroviário para a cidade de Aguas Calientes (também conhecida como Machu Picchu Pueblo), principal forma de acesso ao Santuário Histórico de Machu Picchu. Não há, no momento, previsão de restauração do serviço de transporte ferroviário.

A Embaixada orienta turistas brasileiros que estejam em Aguas Calientes a evitar deslocamentos desnecessários e a entrar em contato com a IPERÚ – entidade do governo peruano que é responsável pela assistência ao turista e está coordenando a evacuação de turistas do local.

Para além de seu canal de atendimento por Whatsapp (+51 944 492 314), a IPERÚ circulou formulário de cadastro para turistas que estejam retidos na região (https://forms.gle/vXf1U7sJC8CqqagG8), a fim de facilitar sua eventual evacuação.

Adicionalmente, a Embaixada orienta turistas brasileiros no Peru a não tentarem ingressar no distrito de Machu Picchu até que esteja superado o contexto de greves e protestos. Visitas ao local devem ser evitadas inclusive com respeito a vias de acesso alternativas (caminhadas/trilhas).

A Embaixada segue acompanhando de perto a situação e mantendo contato com as autoridades locais. Cidadãos brasileiros podem entrar em contato com a Embaixada por -mail (consular.lima@itamaraty.gov.br) e, em caso de emergências, pelo telefone do plantão consular (+51 985 039 263).




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

tubarao-ataca-nadadora-em-sydney-e-a-deixa-com-ferimento-grave-na-perna

G1 Mundo

Tubarão ataca nadadora em Sydney e a deixa com ferimento grave na perna

Uma nadadora ficou gravemente ferida após um ataque de tubarão no porto de Sydney, na Austrália, e foi levada ao hospital, disseram autoridades nesta terça-feira (30). Os serviços de emergência foram chamados a um píer privado em Elizabeth Bay, subúrbio de Sydney, na noite de segunda-feira, e encontraram Lauren O'Neill, de 29 anos, com um ferimento grave na perna. Os moradores da região prestaram os primeiros socorros até que a […]

today30 de janeiro de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%