G1 Mundo

Japão diz que objetos aéreos anteriores podem ser balões espiões chineses

today15 de fevereiro de 2023 63

Fundo
share close

No fim de janeiro, um balão entrou no espaço aéreo dos Estados Unidos. O artefato chegou a flutuar de volta para o Canadá e, então, retornou aos EUA. As autoridades reconheceram que havia um objeto voando na região no dia 2 de fevereiro.

Em 4 de fevereiro, com um único míssil, um caça derrubou o balão na costa do estado da Carolina do Sul.

O governo americano enfatizou que o artefato era chinês e usado para espionagem. A China tem um programa de vigilância do Exército Popular de Libertação que usa esses balões.



As Forças Armadas dos EUA disseram que o objeto estava sendo usado para obter informações sobre instalações militares do país. A China , por sua vez, insistiu que o balão estava realizando pesquisas meteorológicas.

Balão chinês que sobrevoou EUA tem comprimento de três ônibus — Foto: Arte g1

Em um comunicado, o Ministério da Defesa do Japão afirmou o seguinte: “Após uma análise mais aprofundada de objetos voadores em forma de balão identificados anteriormente no espaço aéreo japonês, incluindo os de novembro de 2019, junho de 2020 e setembro de 2021, concluímos que eles são fortemente presumidos como balões de reconhecimento não tripulados voados pela China”.

O órgão também disse que “exigiu veementemente que o governo chinês confirmasse os fatos” e “que tal situação não volte a acontecer no futuro”.

“As violações do espaço aéreo por balões de reconhecimento não tripulados e outros meios são totalmente inaceitáveis”, diz o texto.

O Japão disse na semana passada que reexaminaria uma série de incidentes envolvendo objetos aéreos não identificados, depois que um suposto balão espião chinês foi abatido pelos EUA.

Após o incidente, os militares americanos ajustaram os radares para detectar objetos menores e descobriram três outros dispositivos não identificados, que também foram abatidos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

‘sempre-seremos-nos-13’,-diz-amigo-que-esteve-preso-com-dom-promthep-em-caverna-na-tailandia

G1 Mundo

‘Sempre seremos nós 13’, diz amigo que esteve preso com Dom Promthep em caverna na Tailândia

Duangpetch Promthep, mais conhecido como Dom, um dos 12 meninos resgatados de uma caverna inundada na Tailândia em 2018, morreu nesta terça-feira (14) no Reino Unido devido a uma lesão na cabeça, segundo a rede britânica BBC. No resgate da caverna, além dos 12 meninos, o treinador também estava preso. Presente entre os garotos, Prachak Sutham, prestou sua homenagem ao amigo nas redes sociais. "Descanse em paz meu querido amigo. […]

today15 de fevereiro de 2023 15

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%