G1 Santos

Jararaca é encontrada em área de lazer de condomínio no litoral de SP; VÍDEO

today22 de maio de 2024 6

Fundo
share close

Um filhote de jararaca (Bothrops jararaca) foi resgatado na área de lazer de um condomínio em Guarujá, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo g1, nesta quarta-feira (22), o animal estava saudável e tinha aproximadamente 20 centímetros. A cobra foi solta em uma área de mata no Morro do Icanhema.

Os guardas do Grupamento de Defesa Ambiental (GDA), da Guarda Civil Municipal (GCM), foram acionados para atender a ocorrência no bairro Jardim Conceiçãozinha. No local, constataram que tratava-se de uma jararaca jovem.

A cobra estava em uma área perto da churrasqueira. Devido ao tamanho do animal, a contenção precisou ser feita com luva de raspa [equipamento de proteção].



Segundo a GDA, mesmo filhotes as jararacas têm capacidade de inocular veneno. Por isso, não é recomendado tentar mover o animal ou capturá-lo, a não ser que seja um profissional.

Filhote de cobra jararaca é resgatado em área de lazer de condomínio condomínio no bairro Jardim Conceiçãozinha, em Guarujá (SP) — Foto: GCM Ambiental de Guarujá/Divulgação

Ao g1, o biólogo Daniel Monteiro Bortone explicou que a cobra é comum na região da Baixada Santista. “Esse grupo das jararacas é o que mais causa acidente no Brasil. Isso por ser [formado por] várias espécies diferentes, que estão distribuídas por todo o país”, ressaltou.

Segundo o profissional, a jararaca é peçonhenta, ou seja, usa o veneno para se defender quando se sente ameaçada. “Tem ação no local da picada. Provoca dor forte, inchaço, hemorragia”, explicou Bortone.

O biólogo afirmou que, em caso de picadas, o ideal é beber muita água, lavar bem o local com água e sabão e procurar atendimento no pronto-socorro. “Não se deve fazer cortes em volta da picada, tentar sugar o veneno e muito menos fazer torniquete quando se é picado por serpentes. Tudo isso só piora a condição do acidentado”, alertou.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

estudantes-da-baixada-santista-sao-agredidos-por-policiais-durante-protesto-na-alesp;-video

G1 Santos

Estudantes da Baixada Santista são agredidos por policiais durante protesto na Alesp; VÍDEO

Diretora do Centro dos Estudantes de Santos e Região (CES), Michelle Souza, de 19 anos, explicou que o movimento estudantil de todo o estado pretendia realizar uma manifestação pacífica na terça-feira (21), mas foi recebido com violência policial. "Nos bateram, enforcaram e jogaram spray de pimenta na gente, como mostram vários vídeos que foram gravados. Só não fomos cruelmente expulsos da Alesp, pois deputadas e vereadoras fizeram uma barricada em […]

today22 de maio de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%