G1 Mundo

Javier Milei chama presidente colombiano de assassino terrorista; Colômbia expulsa diplomatas argentinos

today28 de março de 2024 11

Fundo
share close

Javier Milei, o presidente da Argentina, afirmou em uma entrevista à rede CNN que Gustavo Petro, da Colômbia, foi um “assassino terrorista”. O governo colombiano respondeu expulsando os diplomatas argentinos da embaixada de Bogotá nesta quarta-feira (27).

Só um trecho da entrevista de Milei foi transmitido. Ao falar sobre o presidente colombiano, ele disse que “não se pode esperar muito de alguém que era um assassino terrorista”.

Milei também fez críticas ao presidente do México, Andrés Manuel López Obrador: “É um elogio que um ignorante como o López Obrador fale mal de mim, isso me enaltece”.



O Ministério de Relações Exteriores da Colômbia enviou um comunicado no qual afirma que repudia as declarações de Milei em uma entrevista a uma rede de TV, “na qual ele ofende a dignidade do presidente Petro, que foi eleito democraticamente”.

De acordo com o texto, as falas de Milei “deterioraram a confiança da nossa nação”.

Essa não é a primeira vez que Milei faz criticas a Petro de uma maneira que os colombianos consideram ofensiva.

Em janeiro, a Colômbia convocou seu embaixador na Argentina para consultas. No mundo diplomático, essa é uma forma de sinalizar descontentamento com a ação de um outro país.

Na ocasião, Milei havia se referido a Petro como “um comunista assassino” e que o presidente estava “afundando a Colômbia”.

Na época, o Ministério de Relações Exteriores da Colômbia também publicou um comunicado dizendo que as declarações de Milei feriam a honra de Petro e que eram desrespeitosas e irresponsáveis.

Histórico da relação entre os países

Historicamente, Colômbia e Argentina tiveram boas relações diplomáticas e comerciais. Mas hoje a Argentina tem um líder ultraliberal, e Petro é o primeiro presidente de esquerda na história da Colômbia.

Petro chegou a insinuar uma crítica a Milei em um discuro em janeiro. Ele afirmou “Eles nos atacam como comunistas, como socialistas, que o Estado é o dono dos meios de produção. Claro, aqueles que nos atacam não têm ideia do que é o comunismo ou do que é o socialismo”.

Petro disse na ocasião que o seu governo quer que os meios de produção estejam nas mãos do povo e não do Estado.

Milei já pediu desculpas a uma das pessoas que xingou: o Papa Francisco. Durante a campanha à presidência, ele se referiu ao papa como “comunista” e “imbecil que defende a justiça social”. No entanto, em fevereiro, já como presidente da Argentina, ele se encontrou com o o papa e afirmou que Francisco é “o homem mais importante da Argentina”.

Veja abaixo um vídeo do encontro entre Milei e o papa.

Papa Francisco e Javier Milei discutem crise na Argentina

Papa Francisco e Javier Milei discutem crise na Argentina




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ataque-com-faca-deixa-4-mortos-e-outros-7-feridos-em-illinois,-nos-estados-unidos

G1 Mundo

Ataque com faca deixa 4 mortos e outros 7 feridos em Illinois, nos Estados Unidos

Homem atacou vítimas em um bairro da cidade de Rockford, a cerca de 140 km de Chicago. Suspeito foi preso, e motivações do crime são investigadas. Segundo a imprensa norte-americana, ataques aconteceram em locais diferentes de um bairro de Rockford. Em um dos casos, homem invadiu uma casa e esfaqueou uma mulher. Três pessoas morreram nos locais dos ataques, e uma quarta morreu no hospital. Entre os feridos, uma vítima […]

today28 de março de 2024 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%