G1 Mundo

Javier Milei visita Muro das Lamentações, se emociona e diz que vai instalar a embaixada em Jerusalém

today6 de fevereiro de 2024 4

Fundo
share close

Ele ficou com os olhos vermelhos e passou vários minutos no muro, com a testa tocando as pedras e os braços estendidos.

Javier Milei no Muro das Lamentações, em Jerusalém, em 6 de fevereiro de 2024 — Foto: AFP



O argentino também afirmou que tem planos para tirar a embaixada da Argentina da cidade de Tel Aviv e instalá-la em Jerusalém, que Israel considera sua capital.

A maioria dos países que têm embaixada em Israel escolheu Tel Aviv, porque Jerusalém Oriental é reivindicada pelos palestinos como a capital deles.

Milei afirmou que pretende mudar a embaixada assim que chegou a Israel: “Obviamente que é meu plano mudar a embaixada para Jerusalém Ocidental”, afirmou ele no aeroporto Bem Gurion, perto de Tel Aviv.

O Hamas afirmou que mudar a embaixada seria “um desrespeito aos direitos humanos do nosso povo palestino à sua terra, e uma violação às normas do direito internacional, considerando Jerusalém terra palestina ocupada”.

Se Milei cumprir sua promessa, a Argentina se tornaria um dos poucos países que têm sua principal missão diplomática em Jerusalém, ao invés de Tel Aviv.

Os Estados Unidos mudaram a sua para a cidade em 2018 sob a presidência do controverso Donald Trump após reconhecer a cidade como capital de Israel.

Nos últimos anos Milei se aproximou do judaísmo. A Argentina tem a maior comunidade judaica da América Latina.

Ele deve se reunir nesta terça-feira com o presidente Isaac Herzog e, na quarta-feira, com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

O argentino foi recebido no aeroporto pelo ministro israelense de Relações Exteriores, Israel Katz.

Essa é a segunda viagem ao exterior desde que ele assumiu a presidência, em dezembro. Milei afirmou que quer expressar seu apoio ao povo de Israel e defender o direito à legítima defesa do Estado israelense frente aos terroristas do Hamas.

Durante sua viagem, Milei terá encontros com empresários e rabinos, visitará o museu do Holocausto, Yad Vashem, e irá a um dos kibutz atacados pelos comandos do Hamas, que, em 7 de outubro, lançaram um ataque surpresa no sul de Israel que deixou 1.160 mortos.

As Nações Unidas concederam em 1947 um status internacional especial para Jerusalém dada a sua importância para judeus, cristãos e muçulmanos.

Mas a cidade ficou dividida depois da guerra que ocorreu após a criação do Estado de Israel em 1948.

O país tomou Jerusalém Oriental da Jordânia durante a Guerra dos Seis Dias de junho de 1967 e depois a anexou, e considera toda a cidade como sua capital indivisível.

Jerusalém está sob autoridade israelense desde então, mas os palestinos reivindicam a parte oriental como capital de seu futuro Estado.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

hamas-deu-resposta-positiva-a-proposta-de-nova-tregua,-diz-premie-do-catar

G1 Mundo

Hamas deu resposta positiva a proposta de nova trégua, diz premiê do Catar

O Hamas deu uma "resposta positiva" à proposta de uma nova trégua com Israel na guerra que os dois lados travam na Faixa de Gaza, disse nesta terça-feira (6) o primeiro-ministro do Catar, Mohammed bin Abdul-Rahman, que intermedeia as negociações ao lado dos Estados Unidos e do Egito. "Recebemos uma resposta do Hamas em relação ao marco geral do acordo sobre os reféns. Esta resposta contém alguns comentários, mas no […]

today6 de fevereiro de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%