G1 Santos

‘Jogou a menina no colo de terceiros e veio me bater’, diz passageira de briga generalizada em avião da Gol

today8 de fevereiro de 2023 12

Fundo
share close

A briga aconteceu no Aeroporto Internacional de Salvador (SSA) no vôo da Gol que seguia para o Aeroporto de Congonhas (CGH) no dia 2 de fevereiro. Nas imagens que viralizaram nas redes sociais (veja o vídeo acima), é possível ver um grupo de mulheres gritando entre si, dando tapas e puxando o cabelo umas das outras.

Ao g1, Edilene da Silva Barracho, contou que é a passageira envolvida na briga . A técnica de enfermagem mora em Cubatão (SP) e tinha passado férias na Bahia. Ela voltava com as filhas e uma sobrinha quando a briga aconteceu.

Edilene alega que teve a boca machucada e o braço direito arranhado durante a briga no avião — Foto: Reprodução e Arquivo Pessoal



Na versão dela, a confusão começou depois que pediu que a passageira que estava com uma criança saísse do lugar que ela tinha reservado.

“Me aproximei e falei: ”Moça, você poderia se retirar do meu lugar? Ele foi reservado’. Ela falou para mim: ‘Então, é que a minha filha é especial [pessoa com deficiência]’. Respondi: ‘Comprei a passagem com antecedência porque não gosto de ficar no corredor nem no meio, pois me sinto sufocada. Me sinto mais segura na janela'”, lembrou.

Edilene diz que a mulher fez a troca contrariada, mas que os familiares que estavam com ela passaram a provocá-la. “Deixa a bonitona sentada aí. Ela não quer ver as nuvens?’. A irmã dela, que estava do outro lado [da aeronave] falou: ‘Ridícula, a criança é especial'”.

Briga aconteceu em voo com destino a São Paulo — Foto: Redes sociais

Segundo Edilene, as agressões só começaram depois de uma ligação que ela fez para o irmão reclamando do caso.

“Ela ‘jogou’ a menina [criança] no colo de terceiros e veio me bater. Minha filha [mais velha] logo tentou nos separar, mas veio uma outra [familiar do outro grupo] já agredindo. Foi muito rápido. Nas imagens, dá pra ver que ele puxou o meu cabelo”, relembrou.

Edilene contou que teve um ferimento na boca, arranhões em um dos braços e ficou com a cabeça dolorida por conta dos puxões de cabelo. A filha mais velha dela relatou ter tido o braço e a testa arranhados.

Após a briga, os dois grupos deixaram a aeronave e voltaram para São Paulo em voos diferentes. Ela deixou Salvador (BA) no mesmo dia, por outra companhia aérea, e desceu no Aeroporto Internacional de Guarulhos (GRU). Após o caso, ela registrou um boletim de ocorrência (BO) no 1º Distrito Policial (DP) de Santos.

Filha de Edilene diz ter sido arranhada na testa e em um dos braços — Foto: Arquivo Pessoal

A companhia aérea informou, por meio de nota, que a “cena do vídeo que circula nas redes sociais aconteceu antes da decolagem do voo G3 1659 da última quinta-feira (2) entre Salvador (SSA) e Congonhas (CGH), em São Paulo”.

Ainda de acordo com a Gol, as “pessoas que protagonizaram a cena de agressão foram desembarcadas e não seguiram viagem naquele voo. Os dois grupos envolvidos viajaram na mesma data, mas em voos diferentes com destino a CGH”. Diferentemente do que diz a Gol, Edilene contou ter desembarcado no aeroporto de Guarulhos.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

criminoso-elogia-policia-enquanto-apontava-arma-para-refem-em-shopping:-‘trabalho-bem-executado’;-video

G1 Santos

Criminoso elogia polícia enquanto apontava arma para refém em shopping: ‘trabalho bem executado’; VÍDEO

"Eu só vim para poder fazer um dinheiro, mas infelizmente o trabalho da polícia hoje foi bem executado", disse ele. Em diversos momentos, o homem afirmou que não estava ali para matar ninguém. Ele garantiu que iria se render junto com a comparsa, e que liberaria a vítima. No entanto, para que chegasse a tal ponto exigiu a presença de emissoras de televisão, como uma garantia de que sairia do […]

today8 de fevereiro de 2023 26

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%