G1 Mundo

Justiça da França condena oito pessoas por envolvimento em atentado de Nice com 86 mortos

today13 de dezembro de 2022 13

Fundo
share close

O atentado, reivindicado pelo grupo terrorista Estado Islâmico, foi considerado um marco na Europa à época, porque foi o primeiro ato terrorista em que o autor não utilizou uma arma para matar as vítimas.

O motorista do caminhão – que atropelou centenas de pessoas que celebravam o Dia da Queda da Bastilha, o principal feriado na França, na avenida à beira-mar da cidade – foi morto a tiros no dia pela polícia.

Nesta terça, o tribunal de Paris sentenciou que:



  • Mohamed Ghraieb, o réu principal e amigo do motorista do caminhão, é culpado de pertencer a uma organização terrorista. Ele foi condenado a 18 anos de prisão.
  • Chokri Chafroud e Ramzi Arefa, dois outros réus de destaque – acusados ​​de ajudar o autor do ataque a obter armas e alugar o caminhão – também são culpados de pertencer a uma organização terrorista. Eles receberam sentenças de prisão de 18 e 12 anos, respectivamente.
  • Cinco outras pessoas, acusadas de envolvimento com o grupo, foram condenadas a sentenças de dois a oito anos.

Estado Islâmico assumiu autoria do atentado na cidade francesa de Nice, em julho de 2016.

Estado Islâmico assumiu autoria do atentado na cidade francesa de Nice, em julho de 2016.

Nenhum dos réus foi acusado de participar do ataque ou de cumplicidade, uma reivindicação que parentes das vítimas e sobreviventes faziam havia anos.

Os condenados ainda podem apresentar recurso à sentença.

O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque alguns dias após o episódio, mas não deu provas de ligação com o autor do crime, um cidadão tunisiano que vivia na cidade francesa e tinha ficha na polícia local por violência doméstica e pequenos crimes.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mais-de-100-morrem-apos-enchentes-na-capital-da-republica-democratica-do-congo,-diz-presidente

G1 Mundo

Mais de 100 morrem após enchentes na capital da República Democrática do Congo, diz presidente

Pelo menos 100 pessoas morreram em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, depois que fortes chuvas provocaram inundações e deslizamentos de terra nesta terça-feira (13), disse o presidente do país Martin Fayulu. Imagens compartilhadas por ele (veja acima) mostraram bairros inteiros inundados com água lamacenta e estradas destruídas por buracos. Carros e casas são vistos em meio a enchente na cidade de Kinshasa, capital da República Democrática do Congo […]

today13 de dezembro de 2022 33

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%