G1 Mundo

Líder da Grécia fala que quer discutir peças gregas em museu inglês, e primeiro-ministro britânico cancela reunião

today28 de novembro de 2023 4

Fundo
share close

As peças são conhecidas como mármores do Partenon. O templo do Partenon, localizado no alto da Acrópole de Atenas, foi construído no século V antes de Cristo. Uma série de peças com escultura em alto relevo que eram originalmente do Partenon foram levadas para o Museu Britânico.

A Grécia quer que o Reino Unido devolva os mármores e faz campanha para isso há décadas. Os gregos dizem que sofreram um saque quando o país estava sob ocupação otomana (os otomanos ocuparam a Grécia até uma guerra de independência, na década de 1820).

O Reino Unido afirma que as peças foram adquiridas legalmente em 1802 pelo diplomata britânico Lord Elgin, que as vendeu ao Museu Britânico.



O primeiro-ministro Kyriakos Mitsotakis foi para Londres para se encontrar com o líder do Reino Unido, Rishi Sunak, nesta terça-feira. Na segunda-feira, Mitsotakis disse publicamente que “esperava ter a oporunidade” de discutir a devolução dos mármores. Foi o suficiente para que Sunak cancelasse o encontro.

Segundo o governo britânico, ao solicitar a reunião, o governo grego tinha garantido que não utilizaria a visita como plataforma para discutir “a questão da propriedade das esculturas do Partenon”.

“Como estas garantias não foram cumpridas, o primeiro-ministro considerou que não seria produtivo ter uma reunião dominada por este tema”, disse o porta-voz de Sunak.

Já representantes do governo da Grécia disseram que a discussão sobre as peças estava, sim, na pauta do encontro, entre outros assuntos.

O porta-voz de Sunak disse que, se o primeiro-ministro grego quisesse, ele poderia se encontrar com o vice-primeiro-ministro britânico, Oliver Dowden.

Rishi Sunak afirma que os mármores são bens importantes para o Reino Unido, que teria cuidado deste patrimônio por gerações, disse o porta-voz.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

guaruja-renova-convenio-para-manutencao-dos-servicos-da-delegacia-da-mulher 

Prefeitura de Guarujá

Guarujá renova convênio para manutenção dos serviços da Delegacia da Mulher 

Imóvel atual foi conquistado com os esforços do Fundo Social de Solidariedade de Guarujá O prefeito de Guarujá renovou, por cinco anos, o convênio com o Governo do Estado para a manutenção das atividades da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM). A assinatura de renovação do convênio foi realizada entre o Município e a Secretaria Estadual de Segurança Pública. O documento foi publicado recentemente no Diário Oficial e a medida entra […]

today28 de novembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%