Gospel Prime

Lira diz que Câmara irá garantir o direito à ampla defesa de Dallagnol

today17 de maio de 2023 6

Fundo
share close

A cassação do mandato do deputado federal Deltan Dallagnol (Podemos-PR) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) levantou discussões sobre os próximos passos a serem seguidos. O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que a decisão será analisada pela Corregedoria da Casa, assegurando o direito à ampla defesa do parlamentar.

Lira destacou que a Mesa da Câmara seguirá os trâmites estabelecidos no Ato da Mesa 37/09. Segundo ele, a Câmara precisa ser oficialmente informada sobre a cassação, e então o corregedor concederá um prazo para que Dallagnol apresente sua defesa. O presidente da Câmara ressaltou que a decisão de cassar o mandato deve ser tomada exclusivamente pela Casa.

“A Mesa seguirá o que determina esse ato: a Câmara tem que ser citada, a Mesa informará ao corregedor, o corregedor vai dar um prazo ao deputado, o deputado faz sua defesa e sucessivamente”, disse Lira durante a sessão do Plenário.

Os procedimentos a serem adotados seguem a regulamentação do Ato da Mesa 37/09, uma vez que a Constituição garante aos deputados cassados pela Justiça Eleitoral o direito à ampla defesa dentro da Câmara dos Deputados. Conforme a Constituição, a perda de mandato é declarada pela Mesa da respectiva Casa, assegurando-se a ampla defesa. É possível recorrer da decisão ao Supremo Tribunal Federal (STF).

O Ato da Mesa estabelece um prazo de cinco dias úteis para que o deputado alvo de representação se manifeste. Quando a representação é fundamentada em um ato da Justiça Eleitoral, cabe ao corregedor tratar apenas dos aspectos formais da decisão judicial, conforme informações da Agência Câmara.



A análise da cassação de Deltan Dallagnol pela Corregedoria da Câmara será fundamental para determinar os próximos passos e garantir o cumprimento dos direitos do parlamentar. A ampla defesa é um princípio fundamental do devido processo legal e deve ser respeitada durante todo o procedimento. A possibilidade de recurso ao STF também está prevista, permitindo que o caso seja revisado pela mais alta instância do Poder Judiciário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

dallagnol-cita-a-biblia:-“ate-quando-os-maus-continuarao-alegres?”

Gospel Prime

Dallagnol cita a Bíblia: “Até quando os maus continuarão alegres?”

Deltan Dallagnol, deputado federal pelo Podemos-PR, falou publicamente pela primeira vez desde a sua cassação pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em um discurso no Salão Verde da Câmara dos Deputados, Dallagnol não economizou críticas contra o petista Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o Supremo Tribunal Federal (STF) e o próprio TSE, além de outros políticos que ele apontou como “corruptos”. Dallagnol afirmou que sua inelegibilidade foi uma “invenção” e […]

today17 de maio de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%