G1 Mundo

Lula condena ataques terroristas do Hamas e pede corredor humanitário a presidente de Israel

today13 de outubro de 2023 4

Fundo
share close

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse no início da noite desta quinta-feira (12) que conversou por telefone com o presidente de Israel, Isaac Herzog, e que fez um apelo para a abertura de um corredor humanitário entre a Faixa de Gaza e o Egito.

Lula vem mobilizando esforços diplomáticos em prol do corredor humanitário, para que alimentos, água e remédio entrem e Gaza, e para que os civis que queiram sair de lá possam ter caminho livre.

O presidente disse também que argumentou com Herzog que inocentes não podem pagar pela guerra.



“Solicitei ao presidente todas as iniciativas possíveis para que não faltem água, luz e remédios em hospitais. Não é possível que os inocentes sejam vítimas da insanidade daqueles que querem a guerra. Transmiti meu apelo por um corredor humanitário para que as pessoas que queiram sair da Faixa de Gaza pelo Egito tenham segurança”, escreveu Lula em uma rede social.

Na postagem, o presidente incluiu também uma foto sua trabalhando nesta sexta-feira, a primeira desde que fez a cirurgia no quadril.

Pela organização política de Israel, as decisões mais importantes e a maior força administrativa recaem sobre o primeiro-ministro, cargo ocupado por Benjamin Netanyahu. Ao presidente cabe um papel cerimonial e mais simbólico.

Israel x Hamas: Lula publica 'apelo' por libertação de crianças reféns e intervenção humanitária na região

Israel x Hamas: Lula publica ‘apelo’ por libertação de crianças reféns e intervenção humanitária na região

“Reafirmei a condenação brasileira aos ataques terroristas e nossa solidariedade com os familiares das vítimas”, contou o presidente.

Na ligação, Lula agradeceu a disposição de Israel pelo apoio na retirada de brasileiros do país.

Desde a terça-feira, voos diários da Força Aérea Brasileira saem da capital, Tel Aviv, trazendo de volta cidadãos do Brasil.

O governo continua negociando uma maneira de retirar 22 brasileiros que estão na Faixa de Gaza. A solução seria a saída pelo Egito, por isso também o apelo pelo corredor humanitário. No momento, o Egito ainda não concordou com a ideia.

Um avião da Presidência da República embarcou nesta quinta (12) para Roma e de lá aguardará autorização para pousar no Egito, a fim de buscar os brasileiros de Gaza.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

bombardeios-de-israel-deixam-340-mil-desabrigados-e-mais-de-1,4-mil-mortos-em-gaza;-metade-sao-mulheres-e-criancas

G1 Mundo

Bombardeios de Israel deixam 340 mil desabrigados e mais de 1,4 mil mortos em Gaza; metade são mulheres e crianças

Um balanço divulgado nesta manhã pelo governo palestino indica que 1.417 pessoas morreram em Gaza desde o início dos ataques de Israel. Entre elas estão 447 crianças e 248 mulheres. Em Israel, o número de mortos durante o ataque do grupo terrorista Hamas chega a 1.300. Entre as vítimas também há mulheres e menores de idade. Nesta semana, um oficial do exército israelense chegou a afirmar que até bebês foram […]

today13 de outubro de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%