G1 Mundo

Magnata dos cassinos é condenado a 18 anos de prisão em Macau

today18 de janeiro de 2023 9

Fundo
share close

O magnata dos cassinos de Macau, Alvin Chau, foi condenado nesta quarta-feira (18) a 18 anos de prisão por administrar um império ilegal de jogos de azar.

O empresário de 48 anos foi considerado culpado de fraude, de comandar um grupo criminoso e operar jogos de azar ilegais, embora tenha sido absolvido da acusação de lavagem de dinheiro apresentada contra ele pela Promotoria.

Chau é o fundador do Suncity Group, pioneiro na indústria de viagens que transporta jogadores da China continental para Macau, o único local do país onde os cassinos operam legalmente.



Uma vista geral do Banco da China (esquerda), Grand Lisboa e Casino Lisboa (Centro) e Wynn Macau (direita), em Macau. Foto do dia 15 de dezembro — Foto: Eduardo Leal / AFP

Justamente por conta desta regra, a província de Macau é conhecida internacionalmente como um lar dos cassinos e de apostas. A região recebe anualmente milhões de visitantes em busca de entretenimento legalizado.

No auge da década de 2010, as viagens representavam a maior parte da receita da indústria de apostas na ex-colônia portuguesa, que antes da pandemia era maior que Las Vegas.

A queda de Chau ocorre em meio à campanha anticorrupção do presidente chinês Xi Jinping, sob a qual uma política rígida foi aplicada contra altos funcionários que supostamente viajavam a Macau para apostar e até mesmo lavar dinheiro.

Policiais de guarda diante de tribunal onde Alvin Chau estava sendo julgado — Foto: Peter PARKS / AFP

A juíza Lou Ieng Ha concluiu em sua decisão que, sob o comando de Chau, o Suncity “conduziu apostas ilegais para obter lucro ilegal por um longo tempo” e condenou o empresário a 18 anos de prisão.

O julgamento, iniciado em setembro, centrou-se em supostas apostas clandestinas no valor de 824 bilhões de HKD (aproximadamente R$ 550 bilhões) ao longo de oito anos.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ambulantes-das-praias-de-guaruja-recebem-camisetas personalizadas

Prefeitura de Guarujá

Ambulantes das praias de Guarujá recebem camisetas personalizadas

Entrega será feita nesta quinta-feira (19); ação visa contribuir para ordenamento nas praias, identificando ambulantes com licença em dia Verão e organização andam de mãos dadas, em Guarujá. A Prefeitura entregará, nesta quinta-feira (19), às 15 horas, camisetas especiais para ambulantes das praias que estão com a licença em dia. A entrega ocorre no Paço Municipal Moacir dos Santos Filho (Avenida Santos Dumont, 800 – Santo Antônio). A ação é realizada […]

today18 de janeiro de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%