G1 Mundo

Mais de 900 crianças foram vítimas de abuso sexual por membros da Igreja Católica espanhola, aponta investigação

today2 de junho de 2023 7

Fundo
share close

“Reconhecemos o dano causado”, disse José Gabriel Vera, porta-voz da Conferência Episcopal Espanhola. “Queremos ajudar todas as vítimas… acompanhá-las em sua cura.”

A questão ganhou destaque na Espanha em 2021, depois que o jornal El Pais relatou mais de 1.200 supostos casos, anos depois que escândalos de abuso sexual abalaram a Igreja em países como Estados Unidos, Irlanda e França. Vários inquéritos foram abertos sobre os casos.

“Queremos saber o que deu errado na seleção dos candidatos ao sacerdócio, o que deu errado na formação… o que levou uma pessoa que decidiu se entregar a Deus, a se entregar ao abuso sexual”, disse Gabriel Vera.

Dez padres espanhóis foram acusados de abuso sexual de crianças num caso apresentado depois que o Papa Francisco telefonou para uma vítima para pedir desculpas em nome da Igreja Católica, revelaram documentos judiciais em 2015.



À época, a vítima escreveu ao Papa para dizer que tinha sido molestado quando era coroinha. O Papa então telefonou ao homem para se desculpar.

Após desligar o telefone, o papa ordenou que uma investigação sobre o caso fosse feita. O arcebispo de Granada, Francisco Javier Martínez, afastou de suas funções vários sacerdotes relacionados ao caso.

A vítima disse que o abuso aconteceu enquanto tinha 14 aos 17 anos – hoje com 32 anos, numa casa alugada pelos agressores num subúrbio de Granada, sul da Espanha, disse o tribunal.

O Papa Francisco prometeu uma política de tolerância zero para o abuso sexual de crianças por clérigos após escândalos da Igreja em vários países ao longo de muitos anos. À época, grupos que representaram as vítimas disseram que a entidade religiosa não tinha feito o suficiente.

O Vaticano afirmou em 2014 que tinha excomungado cerca de 850 padres acusados de abusos sexuais de menores.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

estudante-dos-eua-desaparece-apos-saltar-de-navio-em-area-infestada-de-tubaroes-nas-bahamas

G1 Mundo

Estudante dos EUA desaparece após saltar de navio em área infestada de tubarões nas Bahamas

O jovem foi identificado como Cameron Robbins, de 18 anos, da cidade de Baton Rouge, no estado da Louisiana. Ele era um dos passageiros do navio Blackbeard's Revenge, que estava perto da ilha de Athol, e pulou no mar e sumiu. A Guarda Costeira também realizou uma busca, mas depois de dois dias encerrou as operações. Cameron Robbins em foto com a família — Foto: Reprodução/Snapchat via NBC Um vídeo […]

today2 de junho de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%