G1 Santos

Manifestantes permanecem acampados em frente ao Forte dos Andradas em Guarujá, SP, mesmo após decisão de Moraes

today9 de janeiro de 2023 65

Fundo
share close

Um grupo de manifestantes pró-Bolsonaro continua acampado em frente ao Forte dos Andradas, em Guarujá, no litoral de São Paulo, mesmo após a o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, ter publicado uma decisão, nesta segunda-feira (9), para que esses grupos sejam dissolvidos e deixem as imediações dos Quartéis Generais e outras unidades militares. As concentrações em frente à Fortaleza de Itaipu, em Praia Grande, e ao 2º Batalhão de Infantaria Leve (2º BIL), em São Vicente, foram desmobilizadas.

Segundo a determinação de Moraes, aqueles que permanecerem acampados poderão ser presos em flagrante pela prática dos crimes previstos nos artigos 2ª, 3º, 5º e 6º (atos terroristas, inclusive preparatórios) da Lei nº13.260, de 16 de março de 2016.

Ainda podem ser enquadrados nos artigos 288 (associação criminosa), 359-L (abolição violenta do Estado Democrático de Direito) e 359-M (golpe de Estado), 147 (ameaça), 147-A, § 1º, III (perseguição), 286 (incitação ao crime).



Grupo de manifestantes está reunido em frente ao Forte dos Andradas, em Guarujá — Foto: Reprodução redes sociais

Em São Vicente, poucos manifestantes realizaram atos sem vandalismo ao longo dia. E, segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), não interferiram no trânsito da Avenida Antônio Emmerich, no bairro Jardim Guassu, onde fica a sede do 2º BIL. A desmobilização se deu à noite, conforme apurado pela reportagem.

Na Fortaleza de Itaipu, agentes da PM fizeram uma operação para retirar as barracas dos manifestantes, o que aconteceu no começo da noite. Em Guarujá, militares do Forte dos Andradas confirmaram que manifestantes continuavam acampados em frente ao local.

Segundo o secretário estadual de Segurança Pública de Estado de São Paulo (SSP-SP), Guilherme Derrite, as dispersões serão realizadas através do diálogo, informando os manifestantes de que existe uma ordem judicial de desmobilização dos acampamentos.

“Temos 24 horas para que a ordem seja cumprida, e ela será cumprida com a maior tranquilidade possível, por ter a certeza que os manifestantes aqui de São Paulo estão realizando as manifestações de forma pacífica”, disse em entrevista coletiva.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

prefeitura-entrega-12-veiculos-para-seguranca,-saude-e-assistencia-social 

Prefeitura de Guarujá

Prefeitura entrega 12 veículos para segurança, saúde e assistência social 

Viaturas serão utilizadas em patrulhamento preventivo, ordenamento de trânsito, fiscalização, apoio técnico, remoção e atendimento social Como parte da programação Semana do Padroeiro – Santo Amaro, a Prefeitura de Guarujá entrega, nesta terça-feira (10), 12 viaturas para a segurança municipal, saúde e assistência social. A cerimônia acontece às 10 horas, na entrada do Paço Raphael Vitiello (Avenida Santos Dumont, 640 – Santo Antônio). A Secretaria Municipal de Saúde receberá uma […]

today9 de janeiro de 2023 14

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%