G1 Mundo

Marina diz que não é momento de ‘atitudes erráticas’ e cobra fim de emissões por combustíveis fósseis

today7 de agosto de 2023 8

Fundo
share close

“Qualquer atitude que não considere o que a ciência está dizendo pode cometer erros que são irreversíveis e com grande prejuízo”, afirmou Marina ao lado do ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira.

Os ministros falaram à imprensa antes de uma reunião com seus homólogos (ministros das mesmas áreas) dos outros oito países amazônicos.

“Mesmo que consigamos reduzir desmatamento em 100%, se o mundo não parar com emissões por combustível fóssil, nós vamos prejudicar a Amazônia de igual forma”, disse Marina.



“Não se trabalha com imposição de pensamento, se trabalha com consenso progressivo”, disse.

Petróleo na foz do Amazonas

As declarações de Marina acontecem em meio à pressão, encampada por setores do governo Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para que o Ibama autorize a Petrobras a pesquisar a viabilidade de explorar petróleo na região da foz do Rio Amazonas.

Em maio, o Ibama negou licença para a Petrobras perfurar poço de petróleo na região, no Amapá. O instituto apontou falhas sobre segurança ambiental na solicitação da estatal.

Dias depois, a Petrobras apresentou um novo pedido, que está sob análise. Ambientalistas criticam a exploração diante da possibilidade de impactos ambientais.

Análise: a polêmica sobre a possibilidade de exploração de petróleo na foz do Rio Amazonas

Análise: a polêmica sobre a possibilidade de exploração de petróleo na foz do Rio Amazonas

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse em entrevista, na semana passada, que a Petrobras vai ter “todo o cuidado”, mas pode “continuar sonhando” com essa exploração.

Na entrevista desta segunda, Marina Silva voltou a afirmar que não há meios para prescindir do uso do petróleo – o que não impede a busca por energias mais limpas.

“Mas não devemos ficar acomodados com essa equação. A China hoje já é o maior exportador de tecnologia para transição ecológica”, afirmou. “No caso de países como o nosso, que temos geração de energia limpa, é investir nessa matriz energética limpa e segura.”

'Podem continuar sonhando', diz Lula sobre exploração de petróleo na foz do Amazonas

‘Podem continuar sonhando’, diz Lula sobre exploração de petróleo na foz do Amazonas

Marina Silva afirmou que os 14 anos de ausência de reuniões de presidentes da Organização do Tratado de Cooperação Amazônica (OTCA) agravaram a situação na região. O último encontro de chefes de estado foi em 2009, em Manaus.

Ela reforçou que os países devem se comprometer a não atingir o ponto de não retorno da Amazônia.

Lula e os presidentes dos demais países amazônicos participam da Cúpula da Amazônia a partir desta terça (8), em Belém. Após o encontro, os chefes de estado assinarão a Declaração de Belém, uma carta com compromissos que devem ser assumidos pelos países.

Chanceler brasileiro, Mauro Vieira falou que a declaração foi negociada em pouco mais de um mês, “tempo recorde”.

'A busca é para criar mais consenso', comenta Camarotti sobre as expectativas para a Cúpula da Amazônia

‘A busca é para criar mais consenso’, comenta Camarotti sobre as expectativas para a Cúpula da Amazônia

Ela afirmou ser paradoxal a aprovação de mais exploração de petróleo na região em meio à crise climática. Entretanto, disse não acreditar em um acordo definitivo no momento diante da falta de entendimento entre os países – o que inclui o Brasil.

A ministra Marina Silva afirmou que um possível acordo demanda convencimento e que nenhum presidente vai querer impor posições sobre os outros.

'Podem continuar sonhando', diz Lula sobre exploração de petróleo na foz do Amazonas

‘Podem continuar sonhando’, diz Lula sobre exploração de petróleo na foz do Amazonas




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ultimo-policial-julgado-por-morte-de-george-floyd-e-condenado

G1 Mundo

Último policial julgado por morte de George Floyd é condenado

Floyd, um cidadão negro dos Estados Unidos, morreu sufocado por um policial branco que ajoelhou sobre seu pescoço durante uma abordagem policial em 2020 (leia mais abaixo). A morte desencadeou um movimento antirracista histórico no país que ficou conhecido como Black Lives Matter (Vidas Negras Importam). Na audiência para a leitura da sentença, nesta segunda, Tou Thao alegou que serviu "apenas" como um “cone de trânsito humano”, contendo uma multidão […]

today7 de agosto de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%