Gospel Prime

“Me apaixonei por Jesus”, diz hindu após ler a Bíblia e se converter

today13 de setembro de 2023 3

Fundo
share close

Uma mulher cresceu em uma família hindu brâmana, a mais alta casta hindu. Sua família se mudou para a Austrália quando ela tinha apenas sete anos. Sendo brâmana, eles desconfiavam do cristianismo, seus pais a diziam que os cristãos eram ruins para a Índia porque estavam tentando perturbar a ordem das coisas convertendo pessoas para sua religião.

Nesse sentido, ela se tornou em grande parte hostil ao cristianismo. Mas então, seu pai morreu subitamente de um ataque cardíaco quando ela tinha 16 anos. Ele havia conquistado tanto, e então morreu, logo ela começou a pensar que se a vida não tem sentido, por que continuaria a viver? Até onde ela conseguia entender, a vida era sofrimento.

“Fiz uma promessa a mim mesma aos 16 anos de que buscaria a verdade e a encontraria. Naquela época, eu presumia que seria encontrada em uma série de regras, doutrinas, pujas, rituais ou mantras. Também me lembro de chorar à noite. Sentia muita falta do meu pai. Lembro-me de pensar que desejava ter um pai eterno, alguém que nunca fosse embora”, revelou ela.

De acordo com Eternity News, essa ânsia por um pai eterno, além do seu desejo de encontrar o significado da vida, começaram a formar nela uma ideia de um tipo de relacionamento eterno. Ela não sabia onde encontrá-lo, mas as sementes foram plantadas. Ao mesmo tempo, ela foi à aula de religião obrigatória na escola.

“Lembro-me do professor nos contar o Evangelho e de ter um sentimento estranho de que poderia ser verdade. Pouco depois disso, tive uma série de sonhos. Vi o inferno como um lugar de cinza e falta de graça. O céu era um lugar de clareza deslumbrante e beleza, alegria e felicidade. Claro, na época eu não sabia o que era, apenas me lembro de acordar e achar estranho”, conta.



Logo, uma amiga a presenteou com uma Bíblia e sugeriu que ela lesse o Evangelho de Lucas. Ela imediatamente se apaixonou por Jesus. Mas então também leu que Jesus disse que era Deus, o que era estranho para ela. Com o tempo, percebeu que estava procurando a verdade e que a verdade só podia ser encontrada em Cristo.

“Ele era incrível! Eu me perguntava por que os cristãos não me tinham falado sobre esse cara. Eu o amava tanto. (…) O problema era que o custo de seguir Jesus era muito alto. Eu era uma brâmana, o que era um grande privilégio espiritual. Quando contei à minha família as verdades que havia encontrado em Jesus, a fratura que resultou foi devastadora. Foi um custo terrível”, aponta.

Nos próximos dez anos, ela fugiu de Deus. Quando chegou ao fundo do poço, pensou que seria a oportunidade de Deus para a esmagar e descartar. Mas Ele não fez isso. Deus na verdade a resgatou da sua situação. Ela O tinha abandonado, mas Ele nunca a abandonou.

“Sou cristã há 20 anos. Às vezes, é muito difícil. O custo de seguir Jesus é alto. Quanto mais tempo sou cristã, mais parece que pago o preço. Mas também quanto mais tempo sou cristã, mais estou convencida de que não há absolutamente nenhum outro lugar para ir. Jesus vale totalmente a pena”, concluiu.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

organizacao-crista-ajuda-mais-de-6.000-vitimas-de-escravidao-sexual

Gospel Prime

Organização cristã ajuda mais de 6.000 vítimas de escravidão sexual

Nos últimos 12 anos, a Selah Freedom, uma organização com base na fé, tem trabalhado com milhares de sobreviventes de tráfico sexual, guiando-os em direção à cura, graças a três mulheres que ouviram histórias horríveis e decidiram fazer a diferença. Uma de suas fundadoras, Laurie Swink  percebeu que as vítimas precisavam de um lugar seguro para se recuperar. Nesse sentido, a organização sem fins lucrativos tem sede na Flórida e […]

today13 de setembro de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%