G1 Mundo

Médicos extraem munição de artilharia de 1kg de paciente de 60 anos em Gaza

today26 de janeiro de 2024 8

Fundo
share close

O caso foi revelado pela Sociedade do Crescente Vermelho da Palestina na quinta-feira (26). Segundo o doutor Jamal Ayyad, o estilhaço estava alojado no tronco do paciente, que foi operado e passa bem.


Aviso do g1 sobre imagem forte — Foto: Arte/g1



Estilhaço de artilharia de 1kg retirado de corpo de paciente por médicos do hospital Al-Amal em Khan Younis, na Faixa de Gaza. — Foto: Sociedade do Crescente Vermelho Palestino

Médicos do hospital Al-Amal em Khan Younis, na Faixa de Gaza, retiraram um pedaço de munição de artilharia com peso de 1 quilo do corpo de um paciente de 60 anos.

O caso foi revelado em vídeo publicado nas redes sociais da Sociedade do Crescente Vermelho da Palestina na quinta-feira (26). Segundo o doutor Jamal Ayyad, a operação foi bem-sucedida e o paciente passa bem.

“Hoje (quinta-feira), um paciente de 60 anos chegou à área de recepção do hospital Al-Amal, que pertence à Sociedade do Crescente Vermelho da Palestina, e reclamava de uma ferida profunda na parte superior do tronco. Realizamos uma varredura que revelou a presença de ossos fraturados e quebrados na região do ombro, com a presença desta peça de estilhaço”, diz Jamal Ayyad à Cruz Vermelha.

Segundo o doutor, a cirurgia foi feita com recursos mínimos. A Reuters não conseguiu confirmar de forma independente a localização ou a data do vídeo.

Nos últimos dias, Israel intensificou as ações do exército na cidade de Khan Younis, a maior do Sul da Faixa de Gaza. As Forças de Defesa de Israel afirmaram que estão operando contra grandes alvos terroristas e que mataram dezenas deles.

Segundo a ONU, confrontos intensos têm acontecido perto dos hospitais Al-Aqsa, Nasser e Al-Amal. O Crescente Vermelho palestino declarou que soldados israelenses bloquearam a saída dos funcionários do hospital Al-Amal.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

corte-internacional-de-justica-ordena-que-israel-tome-medidas-para-‘prevenir-genocidio’-em-gaza-e-nao-determina-cessar-fogo-imediato

G1 Mundo

Corte Internacional de Justiça ordena que Israel tome medidas para ‘prevenir genocídio’ em Gaza e não determina cessar-fogo imediato

A sentença é uma decisão inicial em resposta ao processo aberto pela África do Sul acusando Israel de estar cometendo genocídio com os bombardeios na Faixa de Gaza. O governo sul-africano pedia, entre outras medidas, uma medida cautelar estipulando uma pausa imediata nos ataques. A sentença, que decidiria pela continuidade ou não do processo, foi lida nesta manhã na sede do tribunal, em Haia, na Holanda. Já a sentença definitiva […]

today26 de janeiro de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%