G1 Mundo

Michael Mosley: veja quem foi o apresentador britânico encontrado morto em ilha grega

today9 de junho de 2024 2

Fundo
share close

O corpo de Michael Mosley foi retirado de barco do local onde foi encontrado por volta das 8h45 (horário de Brasília) e está indo para Rodes, onde será identificado de forma oficial, segundo o prefeito da ilha, Eleftherios Papakalodoukas. (Leia mais detalhes abaixo)

Corpo do apresentador Michael Mosley é retirado de local onde foi achado e transferido de



Corpo do apresentador Michael Mosley é retirado de local onde foi achado e transferido de

Michael Mosley tinha 67 anos e é bem conhecido no Reino Unido por suas aparições regulares na televisão e no rádio e sua coluna no veículo britânico “Daily Mirror”. Ele foi presença constante no rádio e apresentando programas que exploravam dieta, exercício e medicina.

Mosley ficou famoso por levar seu corpo ao extremo para testar dietas e teorias. Ele já injetou veneno de cobra em seu próprio sangue e também conviveu com tênias em seu sistema digestivo por seis semanas para um documentário da BBC.

Outros experimentos pelos quais ele se submeteu incluem ser exposto a gás lacrimogêneo, participar de um concurso para comer os pimentões mais picantes do mundo e ser filmado durante um exame de cólon.

O apresentador disse à “Radio 4” em 2015 que a ideia de se autoexperimentar veio após produzir um programa sobre um cientista que deliberadamente contraiu úlcera após ter dificuldades para provar a efetividade de um tratamento para a doença.

Mosley nasceu na Índia em 1957, morou nas Filipinas durante parte da infância e foi enviado para a Inglaterra aos sete anos para frequentar um internato.

Ele fez um curso de três anos em Filosofia, Política e Economia na Universidade de Oxford, no Reino Unido. Ele atuou durante dois anos como banqueiro de investimentos, mas abandonou a profissão e se requalificou como médico no Royal Free Hospital, em Londres.

Mosley entrou na “BBC” como produtor assistente em 1985 e produziu programas de Ciência da emissora como “Tomorrow’s World”, “QED” e “Horizon”.

A “BBC” divulgou uma nota de pesar neste domingo e afirmou que Mosley era “brilhante” e “fará muita falta”. “Ele foi um brilhante divulgador científico e produtor de programas, capaz de tornar simples os assuntos mais complexos, mas também era apaixonado por envolver e entreter o público, inspirando a todos a viver uma vida mais saudável e plena”, disse o comunicado.

Ele dirigiu um programa para perder peso rapidamente e fez diversos documentários sobre dieta e exercícios. Mosley é conhecido no exterior por seu livro de 2013, “The Fast Diet”, que escreveu em coautoria com a jornalista Mimi Spencer.

Mosley teve quatro filhos com sua esposa, Clare Bailey Mosley, que também é médica, autora e colunista de Saúde no veículo britânico “DailyMail”.

Um policial grego disse à “BBC” que a pessoa encontrada estava morta “há alguns dias” –causa, circunstâncias e tempo da morte ainda serão oficializados por perícia. O corpo está próximo à vila de Pedi, a 30 minutos de caminhada, onde Mosley foi visto pela última vez, e tinha um guarda-chuva, um chapéu e um relógio idênticos aos que o apresentador usava na ocasião, segundo o prefeito.

Papakalodoukas disse à Associated Press que estava no barco com jornalistas e equipes de resgate quando viram um corpo cerca de 20 metros acima da praia de Agia Marina. “Focamos as câmeras e vimos que era ele”, disse Papakalodoukas.

O prefeito disse que o corpo parecia ter caído em uma encosta íngreme até atingir uma cerca e ficar de bruços com algumas pedras em cima. O corpo carregava uma bolsa de couro em uma das mãos, disse Antonis Mystiloglou, cinegrafista da televisão estatal ERT, que também estava na embarcação.

Local onde o corpo que acredita-se ser do apresentador britânico Michael Mosley foi encontrado na ilha de Simi, na Grécia, em 9 de junho de 2024. — Foto: Reuters

Veja a íntegra do comunicado divulgado por Clare Mosley neste domingo:

“Não sei bem por onde começar com isso. É devastador ter perdido Michael, meu maravilhoso, engraçado, bondoso e brilhante marido. Tivemos uma vida incrivelmente abençoada juntos. Nós nos amávamos muito e éramos tão felizes juntos.

Estou incrivelmente orgulhosa de nossos filhos, da resiliência e do apoio deles nos últimos dias. Minha família e eu fomos enormemente consolados pela demonstração de amor das pessoas ao redor do mundo. É claro que Michael significava muito para muitos de vocês.

Estamos encontrando conforto no fato de que ele quase conseguiu. Ele fez uma escalada incrível, tomou a rota errada e desabou onde não podia ser facilmente visto pela extensa equipe de busca. Michael era um homem aventureiro, é parte do que o tornava tão especial.

Estamos muito gratos às pessoas extraordinárias de Simi que trabalharam incansavelmente para ajudar a encontrá-lo. Algumas dessas pessoas na ilha, que nem sequer tinham ouvido falar de Michael, trabalharam do amanhecer ao anoitecer sem serem solicitadas. Também estamos muito gratos à imprensa que nos tratou com grande respeito.

Sinto-me tão sortuda por ter nossos filhos e meus amigos incríveis. Acima de tudo, sinto-me tão sortuda por ter tido essa vida com Michael. Muito obrigada a todos.”




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

secretario-geral-da-reporteres-sem-fronteiras-morre-aos-53-anos

G1 Mundo

Secretário-geral da Repórteres Sem Fronteiras morre aos 53 anos

O secretário-geral da Repórteres Sem Fronteiras (RSF), Christophe Deloire, morreu neste sábado (8), aos 53 anos, vítima de "um câncer fulminante", anunciou a organização de defesa da liberdade de imprensa. Deloire "transformou a RSF em uma campeã da defesa do jornalismo durante 12 anos", afirmou a ONG em um comunicado transmitido à agência AFP. Ele estava no cargo de secretário-geral da RSF desde 2012. Durante sua gestão da Repórteres Sem […]

today9 de junho de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%