G1 Mundo

‘Minigringo’: americano de 4 anos dá show de fofura e vira fenômeno com vídeos falando e cantando em português; VEJA

today6 de março de 2024 6

Fundo
share close

Os vídeos são feitos e publicados por Larissa, sempre com autorização dos pais do menino. Por questões de segurança, eles pedem que Larissa não revele em qual cidade eles moram, nem o nome do menino. O g1 conversou com a babá, que contou um pouco da sua trajetória e como começou a fazer os vídeos. Em algum momento do vídeo, ele sempre fala o que já virou quase um bordão: “mini guingoooo”, pronunciado com sotaque americano.

A jovem, que é de São Paulo, morou por alguns anos em Moçambique com os pais, que são missionários, e, antes de ir para os Estados Unidos, retornou ao Brasil. Nos últimos anos, ela dava aula de inglês para crianças. Por meio de uma agência, Larissa foi trabalhar como Au Pair (entenda abaixo) em uma casa de família em Las Vegas, mas alguns meses depois foi realocada para trabalhar na casa do ‘minigringo’.

Pensando na troca cultural com o americaninho, ela sugeriu para os pais do menino sobre dar aulas de português pra ele. A partir daí, a língua entrou na rotina, com aulas semanais.



Em essência, o intercâmbio Au Pair é um modelo no qual o intercambista vai morar na casa de uma família-anfitriã, a host family. Lá, recebe alojamento e alimentação, além de um salário para trabalhar, quase sempre cuidando das crianças.

Essa modalidade de intercâmbio é regulamentada em alguns destinos. Nos Estados Unidos, por exemplo, há algumas regras que as famílias precisam seguir durante o trabalho do intercambista. Saiba mais.

📹👦🏼 Vídeos nas redes sociais

Larissa e o ‘mini gringo’ — Foto: Reprodução TiktTok

Larissa ficou impressionada com a facilidade do menino em aprender português e começou a filmar as aulas para mostrar para mãe, para os amigos e para os pais da criança. Foi a mãe do ‘mini gringo’ que sugeriu que Larissa postasse os vídeos nas redes sociais.

Larissa diz que não acreditou quando viu que uma publicação em que os dois cantam em português bateu milhões de visualizações. “Foi muito natural. Eu já dava aula pra ele, a gente começou a postar aos poucos e começou a dar muito certo”, diz.

Ela revela também que o minigringo ama a língua portuguesa e às vezes só de escutar, já repete as palavras.

Larissa conta que ela e a família comentam sempre para o ‘minigringo’ que ele tem muito fãs na internet. Os primos do menino brincam que já viram vídeos dele na escola. O pequeno não faz ideia do tamanho do alcance dos vídeos, mas se diverte e brinca mandando beijos para os fãs.

A babá conta que os pais incentivam muito as gravações. “Eles sempre me perguntam: ‘E aí, vai gravar vídeo hoje?’ Eles amam assistir, mandam para a família toda”, diz.

“Foi tudo de uma forma inesperada. Quando eu estava no Brasil, já fazia alguns vídeos, mas nada foi tão surreal como o que está acontecendo agora”, diz Larissa.

Ela diz que gravar os vídeos é uma forma de descontração, que deixa o dia a dia mais leve. “E é legal ver as pessoas se divertindo com a gente”, afirma.

Larissa não sabe se vai continuar com a família após o contrato acabar. Ela já recebeu o convite para continuar, mas disse que ainda precisa pensar para decidir. “Me apeguei muito ao ‘minigringo’, e ele a mim. Todo esse apego me deixou muito na dúvida”, diz.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

vitimas-das-chuvas-no-litoral-de-sp-dizem-viver-‘catastrofe’:-‘perdemos-tudo’

G1 Santos

Vítimas das chuvas no litoral de SP dizem viver ‘catástrofe’: ‘perdemos tudo’

“Deu tempo apenas de salvar a minha filha, minha mãe, meu tio e meu cachorrinho. De resto perdi tudo”, contou a recepcionista Ivoneide de Souza, em entrevista à repórter Marcela Pierotti, da TV Tribuna, afiliada da Rede Globo. A casa dela foi uma das danificadas na Rua Lucia Barana, ainda na noite de terça-feira (5). O Corpo de Bombeiros foi acionado para possíveis deslizamentos de terra no local, e, ao […]

today6 de março de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%