G1 Santos

Vítimas das chuvas no litoral de SP dizem viver ‘catástrofe’: ‘perdemos tudo’

today6 de março de 2024 1

Fundo
share close

“Deu tempo apenas de salvar a minha filha, minha mãe, meu tio e meu cachorrinho. De resto perdi tudo”, contou a recepcionista Ivoneide de Souza, em entrevista à repórter Marcela Pierotti, da TV Tribuna, afiliada da Rede Globo.

A casa dela foi uma das danificadas na Rua Lucia Barana, ainda na noite de terça-feira (5). O Corpo de Bombeiros foi acionado para possíveis deslizamentos de terra no local, e, ao chegar no local, constatou abalos estruturais em imóveis atingidos por um veículo arrastado pela água da chuva.

De acordo com Ivoneide, ela ouviu gritos na rua e, ao sair de casa para verificar o que se tratava, se deparou com a via inundada por água com barro. Em seguida, retornou para dentro de casa e viu a parede ir abaixo. Por isso, rapidamente correu para conseguir sair do local com os familiares.



Ivoneide (à esquerda) e Kelly são moradoras do Jardim Alice e lamentaram a destruição causada pela chuva em Praia Grande (SP). — Foto: Marco Antônio/TV Tribuna

“São 34 anos que a gente mora no bairro e há 34 anos que a casa está em pé. Já tiveram outros tipo de chuva, mas não nessa catástrofe”, enfatizou a moradora, dizendo que terá que recomeçar do zero.

Já a dona de casa Kelly da Silva precisou ser resgatada da própria residência junto com o filho de 2 anos e o marido. No imóvel, a água chegou na altura do pescoço e até os bombeiros tiveram dificuldade de acessar o local.

“Perdemos tudo, mas graças a Deus, temos a vida. Então, estamos aí. Bola para frente, erguer a cabeça, pedir força para Deus e se erguer”, enfatizou em entrevista à TV Tribuna.

Em Mongaguá, os resgates seguem nesta quarta-feira (6). A repórter Nina Barbosa, também da TV Tribuna, flagrou bombeiros usando bote para resgatar pessoas ilhadas em Agenor de Campos (veja abaixo).

Moradores foram resgatados no bairro Agenor de Campos, em Mongaguá (SP) — Foto: Nina Barbosa/TV Tribuna

Segundo a Defesa Civil Estadual, a cidade teve pontos de alagamento nos bairros Centro, Pedreira, Vila São Paulo e Vila Nova. Uma casa na região central chegou a desabar parcialmente e ficou interditada. Sendo assim, quatro pessoas ficaram desalojadas e foram encaminhadas para casas de parentes.

Ainda de acordo com o órgão estadual, outras diversas residências foram atingidas na cidade, mas sem necessidade de remoção das famílias.

Em nota, a Prefeitura de Mongaguá informou que a alta do Rio Mongaguá colapsou o sistema de drenagem do Centro e uma forte enxurrada causou estragos no Jardim Alice, região próxima ao morro da Cialta.

Segundo o Executivo, a Defesa Civil continua monitorando a cidade e equipes de Serviços Externos estão na rua, minimizando os impactos. “Até o momento, a administração municipal não foi acionada para dar apoio a nenhuma família que pudessem necessitar de abrigo”.

A prefeitura informou, ainda, que as aulas das escolas municipais e das oficinas culturais foram canceladas nesta quarta-feira (6), por conta das fortes chuvas.

As fortes chuvas que atingiram a Baixada Santista, no litoral de São Paulo, provocaram estragos nas cidades da região. Diversos pontos de alagamentos foram registrados. A água, inclusive, invadiu casas e chegou a arrastar veículos. Apesar dos transtornos, não há registro de feridos.

De acordo com a Defesa Civil do Estado de São Paulo, a cidade que registrou maior acumulado de chuva foi Mongaguá, com 199 mm. No entanto, São Vicente, Peruíbe, Praia Grande, Itanhaém e Guarujá também registraram altos índices pluviométricos: 151 mm, 126 mm, 115 mm, 101 mm e 80 mm, respectivamente.

Temporal arrasta carros, causa desabamento e alaga ruas e casas no litoral de SP

Temporal arrasta carros, causa desabamento e alaga ruas e casas no litoral de SP

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

corpo-de-turista-que-desapareceu-no-mar-e-encontrado-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Corpo de turista que desapareceu no mar é encontrado no litoral de SP

Vítima de Diadema (SP) havia sumido no último domingo (3). Corpo foi encontrado a aproximadamente um quilômetro do local de desaparecimento. Praia do Arpoador em Peruíbe, SP — Foto: Arquivo Pessoal/Márcio Ribeiro O corpo de um turista de 25 anos, que desapareceu após entrar no mar em Peruíbe, no litoral de São Paulo, foi encontrado. O jovem era natural de Diadema (SP) e estava acompanhado do amigo quando desapareceu nas […]

today6 de março de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%