G1 Mundo

Mísseis superaram Domo de Ferro de Israel, diz agência do Irã; VÍDEO

today14 de abril de 2024 5

Fundo
share close

Em operação desde 2011, o “Iron Dome” conta com diversos instrumentos de monitoramento (como radares) capazes de identificar ataques inimigos. Segundo o Ministério da Defesa de Israel, o Domo de Ferro consegue interceptar cerca de 90% dos ataques inimigos.

No ataque deste sábado, as forças iranianas lançaram mais de 200 drones e mísseis (balísticos e de cruzeiro) em direção ao território israelense. No caminho, parte deles foi derrubada por aeronaves de Israel, dos EUA, do Reino Unido e da Jordânia. Perto das 20h, as primeiras explosões e sirenes de aviso foram ouvidas em Jerusalém.

O serviço nacional de emergência médica israelense informou que uma menina de 10 anos ficou gravemente ferida, no deserto de Negev, por estilhaços de um artefato para interceptar drones. Um centro militar foi atingido, sem maiores prejuízos.



Na ocasião, o Irã ameaçou retaliação.

Veja, no vídeo e no infográfico abaixo, mais sobre o Domo de Ferro:

Entenda como funciona o

Entenda como funciona o “domo de ferro” de Israel

Como funciona o Domo de Ferro — Foto: Arte/g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

da-retorica-a-chuva-de-misseis-e-drones:-entenda-como-foi-o-ataque-do-ira-contra-israel-e-as-possiveis-consequencias

G1 Mundo

Da retórica à chuva de mísseis e drones: entenda como foi o ataque do Irã contra Israel e as possíveis consequências

▶️ A escalada na crise começou no dia 1º de abril. Naquele dia, um ataque israelense matou um comandante sênior da Guarda Revolucionária do Irã e outras seis pessoas na Síria. O bombardeio atingiu a missão diplomática do Irã em Damasco e foi conduzido por aviões militares.À época, Israel evitou comentar o caso, mas fontes da Defesa israelense confirmaram a autoria do bombardeio ao jornal "The New York Times". ▶️️ […]

today14 de abril de 2024 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%