G1 Mundo

Morre ex-jogador sueco Kurt Hamrin, último sobrevivente da final da Copa de 1958

today4 de fevereiro de 2024 5

Fundo
share close

O ex-jogador da seleção da Suécia Kurt Hamrin, último sobrevivente da final da Copa do Mundo de 1958, morreu aos 89 anos na Itália. A morte foi confirmada neste domingo (4) pelo Fiorentina, um dos clubes que defendeu.

“O presidente [Rocco] Commisso e sua família, a diretoria do clube e toda a Fiorentina se unem à dor da família e do mundo do futebol pelo falecimento de Kurt Hamrin, lenda do futebol e da Fiorentina”, escreveu o clube em comunicado.

“O futebol sueco perdeu um de seus grandes jogadores”, lamentou a Federação Sueca de Futebol (SvFF) em seu site.



“Não são apenas seus títulos, seus gols, seus passes e sua dedicação na ponta-direita que fizeram de ‘Kurre’ uma lenda que nunca esquecemos. Foi um jogador leal e uma figura popular em todos os clubes que jogou” acrescentou a SvFF.

Artilheiro do futebol italiano

O jogador de futebol sueco Kurt Kurre Hamrin, em foto de arquivo. — Foto: TT/H. Jansson via Reuters

Formado no AIK de Estocolmo, Hamrin passou grande parte de sua carreira no futebol italiano, na Juventus (1956-1957), Padova (1957-1958), Fiorentina (1958-1967), Milan (1967-1969) e Napoli (1969-1972), antes de retornar ao seu país para jogar mais alguns meses no clube que o revelou.

Com 190 gols, é o nono maior artilheiro da história da Serie A italiana.

Apelidado na Itália de ‘Uccellino’ (‘passarinho’), por sua agilidade e rapidez, Hamrin foi campeão da liga italiana (1968), da Copa dos Campeões Europeus (atual Liga dos Campeões – 1969) e da Recopa (1968) pelo Milan, além de outra Recopa pela Fiorentina (1961).

Em 32 jogos pela seleção da Suécia, marcou 17 gols, quatro deles na Copa do Mundo de 1958, o mais marcante nas semifinais contra a Alemanha (3 a 1).

Na final disputada em Estocolmo, os suecos foram derrotados por 5 a 2 pelo Brasil de Pelé, Garrincha e companhia.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

rebeldes-houthis-prometem-retaliar-ataques-americanos-e-britanicos-no-iemen

G1 Mundo

Rebeldes houthis prometem retaliar ataques americanos e britânicos no Iêmen

Os novos ataques "não abalarão" o "apoio dos houthis ao povo palestino que resiste em Gaza e não ficarão sem resposta e sem punição", advertiu Yahya Saree, porta-voz militar dos houthis. Sem mencionar vítimas, ele relatou 48 ataques em seis províncias, incluindo treze na capital Sanaa e arredores e nove na região de Hodeida, controlada pelos rebeldes.   "Ou há paz para nós, Palestina e Gaza, ou não há paz nem […]

today4 de fevereiro de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%