G1 Mundo

Morrem 97 baleias-piloto encalhadas no oeste da Austrália

today27 de julho de 2023 6

share close

O grupo de 97 baleias-piloto foi encontrado na terça-feira em Cheynes Beach, cerca de 400 km a sudeste de Perth. Cinquenta e uma morreram durante a noite de terça para quarta-feira. As demais foram sacrificadas nesta quinta.

Cerca de 250 voluntários se juntaram a 100 especialistas em vida selvagem em uma luta para tentar salvar os animais na quarta-feira.

Grupo de voluntários tenta ajudar 45 baleias-piloto encalhadas na costa da Austrália em 26 de julho de 2023 — Foto: WESTERN AUSTRALIA DEPARTMENT OF BIODIVERSITY, CONSERVATIONA AND ATTRACTION / AFP



“Voluntários e todos os outros tentaram conduzi-los para o fundo do mar, mas eles voltaram para a praia”, disse à AFP uma porta-voz do serviço de Parques e Meio Ambiente.

“Nesse caso, os veterinários os examinaram e foi decidido que, para seu bem-estar, deveriam ser sacrificados”, acrescentou.

O responsável pela operação de resgate, Peter Hartley, agradeceu às pessoas que tentaram salvar as baleias pelo “enorme esforço” em águas de baixa temperatura.

Grupo de baleias-piloto encalhada na costa da Austrália em 26 de julho de 2023 — Foto: WA Department of Biodiversity, Conservation and Attractions / AFP

“É provavelmente uma das decisões mais difíceis em meus 34 anos trabalhando com a vida selvagem”, disse ele a jornalistas nesta quinta-feira.

O fenômeno das baleias-piloto encalhadas nas praias é comum na Austrália e na Nova Zelândia.

Em outubro passado, cerca de 500 baleias-piloto morreram após ficarem encalhadas nas Ilhas Chatham, um remoto arquipélago da Nova Zelândia.

Os cientistas não conseguiram explicar por que as baleias encalham sozinhas, mas alguns pesquisadores dizem que pode ser porque chegam muito perto da costa para se alimentar.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Mundo

Na Venezuela, 30 homens LGBTQIA+ são presos porque estavam em uma sauna gay

A polícia do estado de Carabobo, na Venezuela, fez uma operação no domingo (23) na cidade de Valência na qual prendeu 30 homens LGBTQIA+ porque estavam em uma festa em um local privado, uma sauna gay, de acordo com a imprensa local. As acusações são de ultraje ao puder, aglomeração e poluição sonora. Segundo a ONG Observatorio de Violencias LGBTIQ+, os 30 foram liberados, mas ainda terão que se apresentar à Justiça. Além disso, o dono do local e dois […]

today27 de julho de 2023 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%