G1 Santos

Mulher denuncia marido por agressão, ele some com a filha de 8 anos e ameaça promover uma ‘chacina’

today3 de dezembro de 2022 11

Fundo
share close

Uma mulher de 34 anos denunciou o marido, de 54, por violência doméstica após chegar de um bar e ser agredida. Segundo um familiar da vítima, que preferiu não se identificar, o homem sumiu com a filha do casal, de 8 anos, e não dá notícias há uma semana.

De acordo com o Boletim do Ocorrência (BO), a moradora de Santos, no litoral de São Paulo, convive com o homem há 14 anos, sendo nove deles, casada. A vítima relatou que o marido é muito agressivo, e o relacionamento foi marcado por ameaças e agressões físicas.

No último dia 21, de acordo com o documento, a mulher saiu do trabalho e decidiu ir a um bar para pensar na relação, que estava conturbada. Assim que voltou para casa, o homem teria dado um tapa em uma sacola com remédios que ela segurava e começado a gritar: “louca, irresponsável e retardada”.



“Ele levou a criança, que já está há uma semana sem ir para escola. Ele disse que vai matar a família toda, que vai mandar invadir a casa e fazer uma chacina”, disse o familiar da vítima.

Ainda de acordo com o BO, o agressor também começou a puxá-la para o quarto e a dizer: “agora a gente vai conversar”. Consta no depoimento dado à polícia que o marido a jogou na cama e, quando ela tentou levantar, ele segurou pelo pescoço. Ao tentar escapar pela segunda vez, ele a empurrou com o ombro contra a cama.

Acionada por alguém que ouviu a discussão, a Polícia Militar foi ao endereço do casal e, segundo a vítima, naquele momento o agressor mandou que ela não gritasse, do contrário, “ele iria acabar com a raça dela, quebrá-la”. Então, trancou a mulher no quarto e não atendeu à equipe policial.

Ao g1, o familiar contou que recebeu uma ligação da vítima chorando e toda machucada. “Já tem um histórico de agressão. Ela escondia da gente para evitar uma desgraça. Mas, dessa vez, o pessoal do trabalho dela viu e ela criou coragem”, disse.

A mulher foi à Polícia quatro dias após ter sido agredida. Na última segunda-feira (28), a vítima conseguiu uma medida protetiva contra o marido. O caso foi registrado na Delegacia de Defesa da Mulher de Santos como violência doméstica, lesão corporal e ameaça.

O familiar explicou que, após a denúncia, a delegada mandou buscar a criança, que não foi encontrada. A vítima está há oito dias sem ver a filha, mas não foi possível registrar o Boletim de Ocorrência, pois ele é o pai.

O parente acrescentou, ainda, que, mesmo com a ordem da juíza de esperar o divórcio para dividir os bens, o homem foi até a casa que morava e levou diversos itens.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

de-danielzinho-alves-a-neymar,-caes-para-adocao-viram-figurinhas-da-copa-do-mundo-e-querem-assistir-ao-hexa-em-novo-lar

G1 Santos

De Danielzinho Alves a Neymar, cães para adoção viram figurinhas da Copa do Mundo e querem assistir ao hexa em novo lar

Os cachorros Alisson, Casemiro, Danielzinho Alves, Formiguinha, Neymar e Caqui, todos para adoção, viraram figurinhas da Copa do Mundo para chamar a atenção de potenciais tutores. A iniciativa partiu da Coordenadoria de Defesa da Vida Animal (Codevida) de Santos, no litoral de São Paulo, que publicou as figurinhas dos pets nas redes sociais. Ao g1, a coordenadora da Codevida, Karoline Castro, explicou que os filhotes estavam em situação de rua. […]

today3 de dezembro de 2022 70

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%