G1 Santos

Mulher morre durante o Réveillon no litoral de SP após rojão se prender na roupa dela e explodir: ‘atingiu o peito’

today1 de janeiro de 2023 48

Fundo
share close

O acidente aconteceu na faixa de areia da praia localizada no bairro Nova Mirim. De acordo com a secretaria estadual de Segurança Pública (SSP), policiais militares foram acionados e, ao chegarem no local, um primo da vítima relatou o que aconteceu na praia. Segundo ele, durante a queima de fogos, um rojão atingiu a mulher e se prendeu no corpo dela. Antes que eles conseguissem retirá-lo, ele explodiu. O fogo de artifício não era da família.

O g1 conversou, neste domingo, com Luiza Ferreira, de 20 anos, que estava no local. Ela relatou que havia muitos fogos irregulares na areia. Por esse motivo, ela e a família decidiram se afastar e ficar mais perto do calçadão.

Luiza disse que parou em frente ao local do acidente e foi possível ver a agonia dos familiares da vítima e de algumas pessoas que estavam próximas à ela. Segundo Luiza, ela percebeu um ‘clarão’ e, em seguida, ouviu os gritos de socorro.



“Quando deu meia-noite em ponto, eu abracei a minha mãe e vi um clarão muito forte. Logo em seguida, todo mundo começou a gritar. Quando eu fui olhar, vi uma mulher caída no chão toda sangrando, e o rapaz que estava com ela caído também. Nisso ele levantou, mas quando ele percebeu como ela estava, ele se ajoelhou já ‘sem chão’. Foi uma correria, descreveu.

Homem que seria o namorado da vítima ficou de joelhos no chão ao perceber como a mulher ficou após a explosão — Foto: Reprodução/Boca no Trombone PG

Luiza afirmou que mesmo sem conhecer a vítima, ficou em desespero e imediatamente os familiares saíram da praia. “Foi algo bem rápido. Não era aqueles estalinhos, eram fogos mesmo, daqueles de explosão. Soube que o fogos foram no cabelo dela e o namorado dela, o rapaz que estava ajoelhado, tentou retirar as faíscas do cabelo dela e sofreu queimaduras. Não deu tempo de ele socorrer ela, pois os fogos atingiram o peito dela”, conta.

A reportagem também conversou com uma das policiais militares que atenderam a ocorrência, mas preferiu não ser identificada. Ela confirmou que o homem, que seria o namorado da vítima, tentou protegê-la e ficou ferido.

“Tanto como profissional e como pessoa o sentimento é de tristeza. A família estava lá para comemorar o Ano Novo. Algum irresponsável soltou fogos de maneira errada e terminou nessa tragédia. Ver os filhos, a mãe e as irmãs da vítima, todos desesperados, me fez chorar de verdade, não deu para segurar. Ela deixou dois filhos, um de 12 anos e um de 18”, disse a policial.

Além da PM, o SAMU também atendeu o caso. De acordo com a Prefeitura de Praia Grande, o serviço foi acionado para atender uma vítima de queimadura e explosão ocasionada por fogos de artifícios. Os profissionais identificaram que a mulher foi atingida pelo artefato na região do tórax, e o óbito foi constatado.

Segundo a SSP, o local foi preservado e a perícia foi chamada. A ocorrência foi registrada como homicídio e lesão corporal culposa na Central de Polícia Judiciária de Praia Grande (CPJ). O caso foi encaminhado ao 1°Distrito Policial (DP) da cidade, que investiga o caso para encontrar o autor do crime.

Em nota, a Prefeitura de Praia Grande ressaltou que, de acordo com Lei Municipal N° 744, de outubro de 1991, é proibido a venda e comercialização de fogos de artifício na cidade.

Queima de fogos em Praia Grande — Foto: Amauri Pinilha/Prefeitura de Praia Grande

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

celebracao-de-ano-novo-termina-em-tragedia-em-uganda

G1 Mundo

Celebração de Ano Novo termina em tragédia em Uganda

Tumulto em shopping deixa ao menos nove mortos em Kampala. Vítimas têm entre dez e 20 anos. Maioria morreu sufocada. Imagem mostra fachada do shopping Freedom City, em Uganda, onde tumulto em festa de Ano Novo deixou mortos — Foto: NTV/Reprodução Um tumulto numa celebração de Ano Novo deixou ao menos nove mortos neste domingo (01) num shopping center na capital de Uganda, Kampala. Segundo a polícia, as vítimas têm […]

today1 de janeiro de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%