G1 Santos

Mulher sem os ovários engravida após ganhar inseminação artificial: ‘vivendo um sonho’

today27 de maio de 2024 16

Fundo
share close

Uma professora de Santos (SP), de 38 anos, que não podia engravidar de forma natural por não ter os ovários ganhou uma inseminação artificial após uma promessa inusitada do marido e, agora, está grávida de 36 semanas (9 meses). Ao g1, Adriane Balbino contou nesta segunda-feira (27) estar ansiosa pelo nascimento da filha Augusta. “A gente está vivendo um sonho maravilhoso”.

O mecânico Sillas Balbino, de 36 anos, com quem Adriane é casada desde 2008 publicou nas redes sociais os problemas vividos pelo casal e o sonho da esposa. Ele garantiu que iria a pé de Santos a Aparecida do Norte (SP) caso alguém custeasse o tratamento à mulher — ela teve que tirar um ovário aos 16 anos e outro em 2023, quando descobriu novo nódulo. (veja mais abaixo)

“É um custo muito alto. Para a gente, que não tem essa condição, é um sonho muito distante”, disse Adriane, que teve a publicação do marido vista por uma embriologista [atua com medicina reprodutiva]. A profissional avisou a dona da clínica em que trabalha, e ela pediu para o casal entrar em contato.



A ligação resultou em um encontro na clínica Progerar, que garantiu o procedimento. O casal descobriu a gravidez em outubro do ano passado. Agora, enquanto se preparam para o nascimento da Augusta, em Junho, Sillas também se prepara para cumprir a promessa.

“A gente está vivendo um sonho maravilhoso. É uma sensação de confiança, de gratidão, sabe? De que nada é impossível quando você tem determinação”.

Clínica viu a publicação de Sillas prometendo ir à pé de Santos até Aparecida do Norte (SP) e ofereceu tratamento gratuito ao casal — Foto: Arquivo Pessoal

Antes mesmo de decidir que gostaria de ser mãe, quando ainda tinha 16 anos Adriane descobriu um cisto no ovário esquerdo, que cresceu e estourou. Ela passou por uma cirurgia de emergência para a retirada do órgão.

Passados alguns anos, e mesmo casada, levou um tempo para o casal pensar em filhos. O primeiro passo era construir e organizar a própria casa. Em 2010, depois de dois anos de união eles resolveram dar o próximo passo, mas as coisas não saíram como imaginaram.

A dificuldade em engravidar fez com que Adriane procurasse outro médico em 2016. Após exames descobriu problemas hormonais, que foram tratados, mas, mesmo assim, não conseguia chegar ao objetivo.

A mulher passou por vários outros exames e, em cada um deles, uma nova suspeita, inclusive de endometriose. Em 2021, realizou uma ressonância e descobriu um nódulo no ovário direito, mas, apesar do encaminhamento cirúrgico, estava com anemia e precisou resolver essa questão antes de dar andamento ao tratamento.

Professora, de 38 anos, perdeu os ovários após doenças ginecológicas e realizou sonho de engravidar após ganhar inseminação artificial em Santos (SP) — Foto: Arquivo Pessoal

Resolvida a questão da anemia, o médico a encaminhou para um cirurgião, que solicitou a operação de urgência. Adriane sofreu um novo baque, principalmente porque a mãe havia acabado de se curar de um câncer.

“Só liguei para meu esposo e comecei a chorar. Quando ele falou nódulo, já veio essa doença ruim [câncer] na minha mente. Meu chão caiu”, disse a futura mamãe, que fez a cirurgia para retirada do órgão em janeiro de 2023 e enfrentou depressão.

Corrida curou a depressão

Adriane e Sillas entraram para grupo de assessoria de corrida após a professora perder o segundo ovário — Foto: Arquivo Pessoal

Com o quadro de depressão, Adriane não queria sair de casa. A situação mudou quando o marido foi indicado por amigos a uma assessoria de corrida, e ela começou a praticar o esporte com Sillas.

A promessa, no entanto, foi do marido, que tem sido acompanhado pela professora da assessoria nos treinos de fortalecimento para que ele aguente os 300 km de caminhada de Santos a Aparecida do Norte, uma jornada que deve durar 5 dias.

“Tudo é possível. Basta a gente ter determinação, correr atrás e as portas se abrem. Sempre vão ter pessoas boas no nosso caminho”, disse ela, Adriane, que hoje quer servir de inspiração.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

familia-bebe-refrigerante-com-pelos-e-medicos-receitam-remedio-para-leptospirose:-‘muito-assustador’;-video

G1 Santos

Família bebe refrigerante com pelos e médicos receitam remédio para leptospirose: ‘muito assustador’; VÍDEO

Uma família de Santos (SP) está com medo de ter sido infectada com leptospirose após ter consumido metade de um refrigerante de 2 litros contaminado com pelos. Ao g1, a vendedora Luciana Gléria, de 50 anos, contou ter tomado a bebida com o filho e a nora. Os três foram a uma unidade de saúde e medicados contra a doença, que é transmitida em contato direto ou indireto com a […]

today27 de maio de 2024 18

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%