G1 Mundo

Mulher trans brasileira que apanhou da polícia na Itália vai entrar na Justiça; agentes dizem que a agrediram porque ela cuspiu sangue no rosto deles

today30 de maio de 2023 8

Fundo
share close

Uma mulher trans brasileira conhecida pelo pseudônimo Bruna, que foi espancada pela polícia italiana em um ataque gravado em vídeo, entrará com um processo por tortura e lesão corporal, afirmou a advogada dela nesta terça-feira (30).

No vídeo, três policiais são vistos cercando a mulher, atingindo-a na cabeça e na costela com cassetetes e borrifando spray de pimenta em seu rosto, enquanto ela está sentada na rua com as mãos levantadas.

Os agentes não se pronunciaram sobre o caso, mas Daniele Vincini, chefe de um sindicato dos policiais, disse ao jornal “Corriere della Sera” que os policiais bateram na brasileira “para dominá-la” porque ela estaria cuspindo sangue em seus rostos, e eles foram obrigados a “fazer o que podiam”.



O incidente aconteceu na cidade de Milão. O prefeito, Giuseppe Sala, disse que os policiais enfrentarão medidas disciplinares pelo incidente que ocorreu na última quinta-feira.

A Promotoria afirmou que está investigando as acusações de violência policial contra “uma mulher transgênero brasileira de 41 anos”.

Abuso de autoridade e discriminação

A advogada da vítima, Debora Piazza, afirmou que a cliente foi abandonada ferida em uma viatura fechada por 20 minutos.

“Ela estava com dificuldade para respirar e achou que estava morrendo”, afirmou a advogada.

A mulher decidiu registrar uma queixa por tortura e lesão corporal agravada por abuso de autoridade pública e discriminação, de acordo com Piazza.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

policia-italiana-prende-40-suspeitos-de-mafia-que-comprava-drogas-do-brasil

G1 Mundo

Polícia italiana prende 40 suspeitos de máfia que comprava drogas do Brasil

A polícia italiana prendeu 40 pessoas, nesta terça-feira (30), em uma nova ação contra a máfia 'Ndrangheta. Os suspeitos são acusados de ter traficado drogas da América Latina (inclusive do Brasil) usando redes clandestinas chinesas de lavagem de dinheiro. A 'Ndrangheta importou carregamentos de drogas de cartéis sul-americanos, incluindo o Primeiro Comando da Capital (PCC), do Brasil, e organizações criminosas colombianas, peruanas, mexicanas e bolivianas, disse a polícia. O capitão […]

today30 de maio de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%