G1 Santos

Mulher troca cerveja por milkshake e se liberta do vício do álcool e do crack após 13 anos: ‘muito melhor’

today13 de dezembro de 2022 42

Fundo
share close

Cocaína, crack e álcool eram as principais necessidades de Maria Antonieta Mina, de 44 anos, até o meio do ano passado. Após 13 anos ‘na escuridão’, em julho de 2021 ela decidiu largar os vícios que a consumiam e, hoje, celebra a sobriedade, saúde e bem-estar que não viu por tanto tempo. Moradora de São Vicente, no litoral de São Paulo, Nany, como também é chamada, relatou ao g1 as dificuldades da caminhada para longe dos vícios.

Antonieta entrou no “mundo das drogas” aos 20 anos, quando experimentou maconha pela primeira vez. “Nessa época, bebia álcool e fumava para ir em shows”. Aos poucos, ela aumentou o leque de substâncias que experimentava e relata que, quando percebeu, já precisava daquilo para se sentir completa e feliz.

Vira uma grande engrenagem, que quando você vê já está dentro e nem pensa se quer ou não. Simplesmente vai.



— Maria Antonieta Mina, ex dependente química

Maria Antonieta Mina decidiu largar vícios em álcool e drogas aos 43 anos de idade — Foto: Cynthia Rocha/Prefeitura de São Vicente

O álcool e as drogas pareciam suprir sentimentos que decepções e tristezas traziam, conforme Nany conta. Por isso, a “engrenagem da vida” parecia precisar de combustíveis químicos para fluir. Hoje, quase um ano após a decisão de largar os vícios, ela afirma que eles realmente não são necessários.

“Problemas são do mundo e tem para todos. Se todos fossem resolver assim [com álcool e drogas], não adiantaria nada”. Antonieta conta que é muito importante ter uma base de apoio ao decidir largar os vícios. Ela diz que o acolhimento se faz necessário para suprir os vazios que a falta da droga traz, principalmente nos primeiros meses.

Importante ter pessoas que realmente apoiem, não que julguem. Porque julgar não vai adiantar em nada. A gente já está cansado de saber que a gente errou. Precisamos do acolhimento e do abraço, que é muito importante.

— Maria Antonieta Mina, ex dependente química

Nany buscou ajuda no Centro POP, casa de acolhimento em São Vicente, ao decidir largar os vícios — Foto: Cynthia Rocha/Prefeitura de São Vicente

Além do suporte emocional, Nany compartilha que para conseguir se livrar do álcool e das drogas ela precisou de novas atividades que suprissem o tempo que ela gastava com os vícios diariamente. Ela encontrou essa ajuda em centros espirituais e de reabilitação em São Vicente, e afirma que eles foram essenciais para cumprir seu objetivo.

“Ninguém vence sozinho. Trabalhei muito a parte espiritual e as atividades eram boas para criar vínculos e passar o tempo”, conta. Apesar dos passatempos, a ex-dependente química confessa que algumas condições contribuem para pensamentos que vão de encontro com o objetivo de ficar sóbria.

Para isso, ela diz que o exercício é praticar ações como trocar a vontade de tomar uma cerveja em um dia ensolarado por um milkshake. Dessa forma, as necessidades que antes pareciam cessar apenas com álcool e drogas passam a ser supridas com substitutos “amigáveis e limpos”.

Nany registra momento em que tomou milkshake ao sentir vontade de ingerir bebida alcoólica — Foto: Arquivo Pessoal

Próxima de completar dois anos de sobriedade dos vícios que a comprometeram por 13 anos, Antonieta celebra as vitórias que teve. Ela conta que não apenas melhorou psicologicamente, como a vida começou a ter outro ritmo. “Até proposta de emprego já recebi”.

Nany relembra quando, no Natal de 2021, foi o Papai Noel em um encontro no centro de reabilitação. “Foi mágico. As pessoas estavam todas felizes. Sensação muito melhor que droga. Mal posso esperar pelo próximo Natal, para ser Papai Noel mais uma vez”, celebra.

O que eu conquistei não foi apenas físico, mas de dignidade e liberdade. Poder estar em paz, ter dinheiro no bolso e comprar o que eu quero, sem ser escrava de droga, é reconfortante. A sensação de liberdade que eu tenho é absurda.

— Maria Antonieta Mina, ex dependente química

Antonieta feliz ao vestir personagem de Papai Noel no Natal de 2021 — Foto: Arquivo Pessoal

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

bandido-invade-comercio-pelo-teto,-foge-com-objetos-dentro-da-calca-e-abandona-saco-de-pao;-video

G1 Santos

Bandido invade comércio pelo teto, foge com objetos dentro da calça e abandona saco de pão; VÍDEO

Um bandido quebrou parte do teto e invadiu um comércio na Avenida Presidente Kennedy, no bairro Nova Mirim, em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Nas imagens obtidas pelo g1 nesta segunda-feira (12), é possível ver toda a ação do criminoso, que coloca alguns dos objetos dentro da calça e foge após o alarme disparar. No local, ele deixou um saco de pão, uma faca e um isqueiro. (Veja […]

today12 de dezembro de 2022 24

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%