Pleno News

Na inquisição do Jornal Nacional, o tiro saiu pela culatra

today23 de agosto de 2022 51

Fundo
share close

Marco Feliciano
23/08/2022 16h35

Bolsonaro participa de entrevista no Jornal Nacional Foto: Divulgação

O Brasil parou para assistir ao que deveria ser uma sabatina entre a maior rede de televisão do país e um candidato à Presidência da República; mas, infelizmente, o que se viu foi um verdadeiro “Tribunal da Inquisição”.

Estava clara a intenção dos jornalistas, William Bonner e Renata Vasconcelos, de forçar o presidente da República, em pleno exercício do cargo, a se exasperar e responder às perguntas de forma mais intempestiva. Mas o tiro saiu pela culatra; pois, quem perdeu o controle foram os entrevistadores que interrompiam o sabatinado quando a explanação ia de encontro às suas expectativas.

Sorrisos marotos e muxoxos do apresentador foram demonstrações da falta de isenção com a importância do evento assistido por milhões de brasileiros, que esperavam uma postura condizente com a tradição da emissora.

O presidente Jair Bolsonaro foi brilhante quando elencou seus melhores ministros e suas respectivas atuações, de forma inquestionável. O que se tornou indelével na mente de todos nós, brasileiros.



Foi um dia muito triste para o jornalismo, no qual o ridículo tomou conta da tela, porque qualquer pessoa de mediano entendimento constatou o esforço da dupla de apresentadores em colocar o entrevistado em uma “saia justa”. Mas o que se viu foi exatamente ao contrário: um estadista de escol com uma explanação clara dos feitos de seu governo, e das forças contrárias fazendo de tudo para o país naufragar.

Finalizo constatando a unanimidade que o presidente Bolsonaro atingiu, em todos os seguimentos sociais, com sua postura calma e serena ante tamanha hostilidade. E peço a Deus que dê forças ao nosso chefe maior para que leve este barco chamado Brasil a águas calmas; e derrame as mais escolhidas bênçãos celestiais a todo povo brasileiro.

Marco Feliciano é pastor e está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal pelo Estado de São Paulo. Ele também é escritor, cantor e presidente da Assembleia de Deus Ministério Catedral do Avivamento.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Bonner e Renata falaram por 15 minutos em entrevista no JN

2 Bolsonaro orou no camarim da Globo antes de entrada no JN

3 Bolsonaro posta foto assistindo ao SBT no camarim da Globo

4 Bolsonaro ironiza entrevista ao JN: “Pronunciamento do Bonner”

5 Com Bolsonaro, JN tem maior ibope da TV brasileira em 2022

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Marco Feliciano

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-morto-com-tiro-na-cabeca-e-encontrado-pelo-proprio-irmao-em-area-de-mangue-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Homem morto com tiro na cabeça é encontrado pelo próprio irmão em área de mangue no litoral de SP

Bryan Brasílio da Silva foi morto em Itanhaém. Polícia investiga o caso. Bryan foi encontrado morto pelo irmão em uma área de Mangue, em Itanhaém. — Foto: Arquivo Pessoal Bryan Brasílio da Silva, de 26 anos, foi encontrado morto pelo próprio irmão em uma área de mangue no bairro Belas Artes, em Itanhaém, no litoral de São Paulo. O jovem tinha uma marca de tiro na cabeça. O caso é […]

today23 de agosto de 2022 19

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%