G1 Mundo

‘Não consigo respirar’: Homem negro morre após ser detido e algemado pela polícia nos EUA

today26 de abril de 2024 4

Fundo
share close

Um homem negro morreu na cidade de Canton, Ohio, nos EUA, quando estava algemado sob custódia da polícia. É possível ouvir Frank Tyson, de 53 anos, dizer várias vezes “Eu não consigo respirar” enquanto um agente apoia o joelho sobre seu pescoço.

O caso aconteceu no último dia 18, mas só veio a público na última quinta-feira (25), quando foram divulgadas as imagens da câmera corporal de um dos policiais envolvidos na ação.

Não é a primeira vez que um caso semelhante acontece nos EUA. Em 2014, outro homem negro, Eric Garner, também morreu após ser detido por agentes em Nova York e reclamar que não conseguia respirar.



Um caso semelhante que motivou uma nova onda de protestos ocorreu com George Floyd, em Minneapolis, imobilizado pelo policial Derek Chauvin.

A frase em inglês, “I can’t breathe”, se tornou slogan de movimentos que protestam contra abusos policiais contra a população negra, como o Black Lives Matter.

Na filmagem, é possível ver Tyson dizendo “Eles estão tentando me matar”, mais de uma vez, assim que os policiais entram no recinto.

Ele começa a dizer “Eu não consigo respirar” assim que é imobilizado e colocado contra o chão, enquanto um policial coloca as algemas em seu pulso e outro pressiona o joelho contra a sua coluna.

De acordo com o canal de TV CBS, após imobilizar Tyson, os policiais conversam, em tom de brincadeira, com outras pessoas no local. Cinco minutos depois, um policial pergunta a outro se o detido “se acalmou”. Este responde: “Ele deve ter desmaiado”.

Mais alguns minutos se passaram até que os agentes se dão conta de que Tyson não está respondendo. Finalmente, um deles diz que é preciso chamar uma equipe médica porque ele não está sentindo seu pulso.

Segundo a CBS, os policiais chegaram a fazer massagem cardíaca e Tyson foi levado ao hospital, mas não resistiu e foi declarado morto menos de uma hora após dar entrada na emergência.

O Departamento de Polícia de Canton disse em nota, no dia 19, que, “pouco após a detenção”, os agentes “perceberam que Tyson ficou irresponsivo”, e que os policiais também administraram doses de naxolona, um medicamento para depressão respiratória, antes da chegada das equipes médicas.

Segundo a imprensa americana, os policiais foram ao local em resposta a um chamado de acidente de carro. Havia apenas um carro na cena, sem motorista, e uma pessoa que estava passando apontou um bar de veteranos de guerra, como sendo o local onde o responsável estaria.

A CBS afirma que Tyson havia saído da prisão no último dia 6 de abril, após passar 24 anos em detenção por envolvimento em um caso de sequestro e roubo. Ele teria sido quase imediatamente incluído em uma lista de violadores de liberdade condicional por não se reportar a um oficial de Justiça.

Casos Eric Garner e George Floyd

Em 2014, um outro homem negro morreu em circuntâncias semelhantes, após dizer a mesma frase.

Mulher ergue cartaz com retrato do ex-segurança George Floyd em Mineápolis, EUA, em 25 de abril de 2021 — Foto: Nicholas Pfosi/Reuters

O termo “I can’t breathe” foi usado em diversos protestos do movimento que acabou conhecido como Black Lives Matter, ou Vidas Negras Importam.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

morre-bebe-que-havia-sido-retirada-viva-do-ventre-da-mae-morta-em-bombardeio-em-gaza

G1 Mundo

Morre bebê que havia sido retirada viva do ventre da mãe morta em bombardeio em Gaza

A mãe, o pai e a irmã mais velha da menina morreram atingidos por um míssil que atingiu a casa da família durante a noite, em Rafah, no sul de Gaza, segundo parentes. O pai e a irmã mais velha morreram na hora. Já a mãe morreu a caminho do hospital, e os médicos conseguiram retirar a bebê com vida do ventre da mulher já morta. No entanto, a criança, […]

today26 de abril de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%