G1 Mundo

‘Não queremos ter que mendigar por comida’, diz moradora de Essequibo, na Guiana

today12 de dezembro de 2023 12

Fundo
share close

Região é alvo de disputa após Nicolás Maduro anunciar anexação no início do mês. O Fantástico visitou Essequibo e conversou com moradores.


  • O território de Essequibo, na Guiana, tem virado tema de debate na América do Sul após referendo na Venezuela.



  • Na maior parte de Essequibo se chega de barco. São nove povos diferentes vivendo em aldeias no meio da mata fechada.

  • Os habitantes da região temem Maduro: “Não queremos ter que mendigar por comida”, diz uma moradora.

“Temos medo de que Maduro faça com a gente o que fez com os venezuelanos. Não queremos ter que mendigar por comida”, diz moradora de Essequibo, na Guiana

“Temos medo de que Maduro faça com a gente o que fez com os venezuelanos. Não queremos ter que mendigar por comida”, diz moradora de Essequibo, na Guiana

“Estamos com medo de que Maduro faça com a gente o que fez com os venezuelanos. Temos parentes lá e não queremos ter que mendigar por comida”, diz a moradora Jacqueline Pereira.

A mulher gosta de viver em Essequibo porque acha bem tranquilo. Perto da fronteira com a Venezuela, sua região seria a linha de frente em caso de guerra pelo território.

São cerca de três mil homens mal armados no exército de Guiana. Os Estados Unidos fizeram exercícios militares com alguns deles na última quinta-feira (7). O contingente venezuelano é de 130 mil soldados na ativa, com tanques e caças.

Veja a reportagem completa abaixo:

Fantástico visita Essequibo, região da Guiana cobiçada pela Venezuela

Fantástico visita Essequibo, região da Guiana cobiçada pela Venezuela

Ouça os podcasts do Fantástico

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

fim-do-home-office-e-revisao-de-cargos-e-contratos-publicos:-como-foi-o-1o-dia-de-trabalho-de-javier-milei

G1 Mundo

Fim do home office e revisão de cargos e contratos públicos: como foi o 1º dia de trabalho de Javier Milei

Nesta segunda (11), Milei fez a primeira reunião com os seus nove ministros. Ele foi empossado no cargo no domingo (10). Na reunião, que aconteceu na Casa Rosada, a sede do governo, Milei ordenou que os ministros adotem uma exigência de trabalho 100% presencial a todos os membros de suas pastas. O presidente, segundo sua vice, Victoria Villaruel, também pediu um "inventário geral" de todos os funcionários públicos e cargos […]

today12 de dezembro de 2023 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%