G1 Mundo

No Chile, 4.500 aves e 9.000 lobos-marinhos morreram; autoridades não sabem o que está acontecendo

today3 de junho de 2023 10

Fundo
share close

Uma parte das mortes aconteceu por causa de uma gripe aviária, mas a morte de pelo menos 3.500 aves não ocorreu em decorrência dessa doença.


Há um surto de gripe aviária no litoral do país, mas uma parte das mortes não é por causa dessa doença



As autoridades ambientais investigam a morte de milhares de aves marinhas cujos corpos ficaram espalhados pela região de Coquimbo, no norte de Chile.

As estimativas de mortes de animais são as seguintes:

  • Pelo menos 3.500 biguás-do-guano, de dorso preto e abdômen branco, parecidos com pinguins, desde 26 de maio, segundo as estimativas do Serviço Agrícola e de Pecuária (SAG).
  • Cerca de 10% dos 10 mil pinguins de Humboldt, uma espécie vulnerável.
  • Além de 9.000 lobos-marinhos, o dobro de todos os casos registrados nos últimos 14 anos.

As mortes dos pinguins e dos lobos-marinhos é atribuída a um surto de gripe aviária que atinge todo o litoral chileno, mas os biguás-do-guano não foram contaminados por essa gripe.

O diretor do SAG em Coquimbo, Jorge Mautz, disse que é possível falar com confiança que essas mortes não foram causadas pela gripe aviária.

As autoridades investigam agora o que pode ter ocasionado a morte das milhares de aves, em um fenômeno que surpreendeu os moradores do lugar.

Para o diretor regional do SAG “algo está acontecendo no mar” que provoca a morte dessas aves que mergulham nos oceanos em busca de alimentos.

Centenas de animais foram recolhidos esta semana a poucos metros de restaurantes, hotéis e cassinos.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

Você deseja continuar recebendo este tipo de sugestões de matérias?




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

voce-viu?-indicacao-de-zanin-para-stf,-criancas-desaparecidas-na-amazonia-colombiana,-remissao-de-cancer-e-o-bilionario-mais-jovem-do-mundo

G1 Mundo

Você viu? Indicação de Zanin para STF, crianças desaparecidas na Amazônia colombiana, remissão de câncer e o bilionário mais jovem do mundo

Indicação de Zanin para o STF 🏛️ Quem é Cristiano Zanin Em entrevista ao podcast O Assunto,  Conrado Hubner Mendes, doutor em direito e ciência política e professor de Direito Constitucional na USP, avaliou que o provável ingresso de Zanin no Supremo é a manutenção “da tradição oitocentista” em relação à diversidade – uma maioria de 95% de homens brancos entre todos os ministros. "Um tribunal mais diverso é um tribunal mais […]

today3 de junho de 2023 59

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%