G1 Mundo

Nos EUA, dono de casa funerária é despejado, e corpo de mulher que estava dentro de um carro havia 2 anos é encontrado na propriedade

today18 de fevereiro de 2024 5

Fundo
share close

Miles Harford, um ex-proprietário de uma casa funerária do estado do Colorado, nos Estados Unidos, é procurado pela polícia porque ele manteve os restos mortais de uma mulher em um rabecão por dois anos.

O corpo foi encontrado no dia 6 de janeiro, quando Harford foi despejado da casa.

O carro estava no terreno da casa. Ele afirmou que não encontrou um local para cremar o corpo da mulher que morreu aos 63 anos, e então decidiu manter o cadáver no rabecão.



A família da mulher disse para a polícia que a casa funerária entregou cinzas e disse que eram da parente falecida deles.

Essas cinzas foram entregues aos técnicos da perícia.

Além dos restos da mulher no rabecão, também foram encontradas cinzas de cerca de 30 pessoas, de acordo com as autoridades.

A casa funerária estava fechada desde setembro de 2022.

Harford, está cooperando com as investigações. Ele deve ser acusado dos seguintes crimes:

  • Violência contra um cadáver.
  • Falsificação de certificado de óbito.
  • Roubo do dinheiro pago por cremação.

A polícia diz que, aparentemente, o serviço de cremação das outras pessoas foi profissional.

Eles estão conferindo as etiquetas com os nomes e conferindo os dados da base de dados do estado para tentar devolver as cinzas para as famílias. Não é possível usar teste de DNA.

Em outubro do ano passado, uma casa funerária foi descoberta no mesmo estado com quase 200 corpos em decomposição.

No Colorado há poucas regras sobre como devem funcionar esses serviços funerários.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pastor-‘heroi’-que-resgatava-adolescentes-da-coreia-do-norte-e-condenado-por-abuso-sexual

G1 Mundo

Pastor ‘herói’ que resgatava adolescentes da Coreia do Norte é condenado por abuso sexual

Chun Ki-won, de 67 anos, foi condenado a cinco anos de prisão por molestar menores de idade em seu internato em Seul. O pastor era visto como um "salvador" durante décadas. Algumas pessoas o apelidaram de "Oskar Schindler Asiático" — em referência ao empresário que ajudou a resgatar 1.100 judeus durante o Holocausto. Suas operações de fuga da Coreia do Norte eram chamadas de "Ferrovia Subterrânea". Ele foi preso em […]

today18 de fevereiro de 2024 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%