G1 Mundo

Nova Zelândia declara estado de emergência após passagem de ciclone

today15 de fevereiro de 2023 13

Fundo
share close

O ciclone destruiu estradas, inundou casas e deixou 250 mil pessoas sem acesso à energia elétrica.


Casas no alto de um morro onde houve deslizamento perto da cidade de Auckland, na Nova Zelândia, em 14 de fevereiro de 2023 — Foto: David Rowland/Reuters



O governo da Nova Zelândia decretou estado de emergência nacional nesta terça-feira (14), após a passagem do ciclone Gabrielle pela ilha Norte.

O ciclone destruiu estradas, inundou casas e deixou 250 mil pessoas sem acesso à energia elétrica. “Foi uma noite difícil para os neozelandeses. Muitas famílias foram deslocadas, muitas casas estão sem energia, há grandes danos em todo o país”, disse o primeiro-ministro Chris Hipkins.

A decretação do estado de emergência foi assinada pelo ministro de Gestão de Emergências, Kieran McAnulty, que citou um “evento climático sem precedentes”.

Foto aérea de rio na cidade de Napier, na Nova Zelândia, em 14 de fevereiro de 2023 — Foto: Stringer/AFP

A imprensa informou que alguns moradores foram obrigados a deixar suas casas a nado em busca de locais seguros.

Ciclone formado na costa da Austrália

O ciclone Gabrielle se formou na costa nordeste da Austrália em 8 de fevereiro, antes de avançar pelo Pacífico Sul.

Nova Zelândia declara estado de emergência nacional por causa do ciclone Gabrielle

Nova Zelândia declara estado de emergência nacional por causa do ciclone Gabrielle

Esta é a terceira vez que a Nova Zelândia declara estado de emergência. As anteriores foram com os ataques contra as mesquitas de Christchurch em 2019 e durante a pandemia de covid-19 em 2020.

“Este é um desastre significativo com uma ameaça real à vida dos neozelandeses”, disse McAnulty. O estado de emergência terá validade de sete dias.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mae-diz-que-filha-de-tres-anos-ficou-com-sequelas-no-braco-apos-quebrar-a-clavicula-no-parto:-‘faz-tudo-so-com-uma-mao’

G1 Santos

Mãe diz que filha de três anos ficou com sequelas no braço após quebrar a clavícula no parto: ‘faz tudo só com uma mão’

Sophia Manuela Sant Anna da Silva nasceu em junho de 2019, no Hospital Guilherme Álvaro, em Santos, no litoral de São Paulo. Ela mora com a mãe, o pai e mais dois irmãos em Praia Grande, cidade vizinha. Segundo Natália Sant Anna, de 33 anos, o fórceps foi utilizado pela equipe médica no parto, que foi natural, pois a criança estava acima do peso e ela sem a dilatação necessária. […]

today15 de fevereiro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%