G1 Mundo

Novas imagens da central nuclear de Fukushima mostram danos em reator

today6 de abril de 2023 17

Fundo
share close

Novas imagens filmadas por um robô dentro de um reator da central nuclear de Fukushima Daiichi, no nordeste do Japão, devastada por um acidente em 2011, revelaram danos significativos em suas fundações e uma grande quantidade de detritos radioativos.

A Tokyo Electric Power (Tepco), operadora da central que está sendo desmantelada, divulgou na terça-feira (4) algumas das imagens feitas no interior do reator número 1, um dos três, cujos núcleos se fundiram em 2011 após um terremoto seguido de tsunami.

“Existem áreas que não conseguimos ver, [mas os danos provavelmente são] extensos em muitos lugares”, disse um funcionário da Tepco em uma entrevista coletiva.



Mais de 39 horas de imagens foram registradas por um robô e, no vídeo, é possível ver paredes de concreto descascadas, revelando estruturas de aço e escombros amontoados a meio metro de altura.

Os especialistas acreditam que levará décadas para descontaminar e desmontar Fukushima.

Nos reatores 1, 2 e 3, o combustível e outros materiais derreteram durante a catástrofe e se solidificaram, formando detritos altamente radioativos.

A remoção desses resíduos pode ser realizada apenas por robôs controlados remotamente. A pandemia da covid-19 e dificuldades técnicas levaram ao adiamento do início desta operação, que é extremamente complexa, de acordo com os especialistas.

“Devido aos altos níveis de radiação nos reatores, entendo que os robôs que usam semicondutores não estão funcionando tão bem quanto se esperava”, disse Masao Uchibori, o governador da província de Fukushima, em entrevista coletiva na segunda-feira (3).

O governador pediu à Tepco que faça novos testes sísmicos da central. Os cientistas temem que, caso haja algum desastre natural na região, a situação se agrave.

Matsuo também disse que os dados coletados da última investigação ajudarão os especialistas a criar métodos para remover os destroços e analisar os derretimentos de 2011. A Tempco planeja usar os dados para criar um mapa tridimensional de combustível derretido e detalhes de detritos, o que levaria cerca de um ano.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

taiwan-detecta-helicoptero-e-3-navios-de-guerra-chineses-perto-da-ilha-apos-encontro-com-autoridade-dos-eua

G1 Mundo

Taiwan detecta helicóptero e 3 navios de guerra chineses perto da ilha após encontro com autoridade dos EUA

O Ministério da Defesa de Taiwan disse, nesta quinta-feira (6), que detectou um helicóptero e três navios de guerra chineses perto da ilha, após o encontro de sua presidente, Tsai Ing-wen, com o presidente da Câmara dos EUA, Kevin McCarthy. "Uma aeronave do Exército Popular de Libertação e três barcos da Marinha do Exército Popular de Libertação foram detectados às 6h [19h em Brasília] de hoje [quinta-feira]", diz um comunicado […]

today6 de abril de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%