Pleno News

O Feminismo é ótimo para o homem (canalha) e péssimo para a mulher

today8 de dezembro de 2022 23

Fundo
share close

Pedro Augusto
08/12/2022 12h30

Feministas unidas em marcha Foto: Patricio Hurtado/Pìxabay

O título deste artigo, se fosse dito em uma reunião de feministas, soará como uma heresia na religião do feminismo e, com certeza, proporcionaria uma grande quantidade xingamentos para este que vos escreve. Mas algumas verdades precisam ser ditas.

É verdade que no pós-revolução sexual dos anos de 60 começou-se a falar mais do prazer sexual da mulher, uma consequência também da facilidade do acesso à informação dos últimos anos. Contudo, o que muitas feministas ignoram são os malefícios que o sexo livre proporcionou às mulheres. Mas não apenas a elas, mas também aos relacionamentos como um todo.

Sabemos que o homem é o ser ativo dentro das relações e ele é quem, geralmente, toma a primeira atitude de aproximação. Também sabemos que por causa dos hormônios o homem, via de regra, tem mais desejo sexual em comparação às mulheres.

E no jogo da conquista, uma das coisas que está em jogo é a busca pelo acesso ao corpo feminino. Quando o sexo não é fácil, diferentemente do que as feministas querem, as mulheres têm mais poder sobre os homens, uma vez que, para ter acesso ao corpo feminino, o homem precisará provar que é capaz de proteger de forma física e financeira a mulher e o bebê. Afinal, a gravidez é um risco mesmo com o uso métodos contraceptivos.



Se o acesso ao corpo feminino é fácil – e as redes sociais potencializaram esse processo – o homem não precisa provar nada à mulher. Portanto, ele partirá sem problemas quando alcançar os seus objetivos sexuais – desde que não haja gravidez.

Portanto, o sexo fácil facilita o acesso ao corpo feminino e o homem precisa provar muito pouco que merece os prazeres que apenas uma mulher pode dar a um homem. Quando o sexo não é tão fácil assim… bem, o homem precisará mostrar que é merecedor de ter (e também dar) esse prazer.

Dessa forma, a mulher tem mais poder sobre o homem quando o sexo é mais restrito ao homem.

Feministas costumam dizer que o sexo livre é empoderamento. Na verdade, não; é o desempoderamento.

Clique aqui e siga-me no Instagram para ter acesso a mais conteúdos.

Pedro Augusto é formado em Jornalismo, já escreveu para outros sites conservadores, possui redes sociais sobre história, é viciado em livros e em breve estará cursando Teologia.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Leia também1 Feminista confessa que mentiu para legalizar aborto no México

2 O feminismo odeia a maternidade

3 Não adianta criticar o feminismo e assistir à pornografia

4 Uma triste consequência do feminismo: Mulheres que abandonam o lar e os filhos

5 Simone de Beauvoir: O que as feministas escondem de você

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Pedro Augusto

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

croata-apaixonado-por-futebol-torce-pela-vitoria-do-pais-na-copa-e-saboreia-tradicional-prato-da-croacia;-aprenda

G1 Santos

Croata apaixonado por futebol torce pela vitória do país na Copa e saboreia tradicional prato da Croácia; aprenda

O croata Miralem Ibrisimovic chegou ao Brasil após percorrer o mundo trabalhando em navios de carga. Na década de 90, decidiu morar em Santos, no litoral de São Paulo. Ele é um apaixonado pelo mundo do futebol. No Brasil, torce para o Peixe. Mas, quando o assunto é Copa do Mundo, o coração dele é para a Croácia. A convite do g1, ele saboreou um dos pratos mais conhecidos do […]

today8 de dezembro de 2022 16

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%