G1 Mundo

O que se sabe sobre homem que ateou fogo em si mesmo diante de tribunal que julga Trump em NY

today19 de abril de 2024 11

Fundo
share close

Jornalistas no local viram o homem jogar panfletos no ar antes de se encharcar com um fluido e se incendiar.

A motivação do homem é desconhecida, e ele está em estado crítico em um hospital da cidade, segundo informou o Departamento de Bombeiros de Nova York à emissora CBS, parceira da BBC nos Estados Unidos.

O Departamento de Polícia de Nova York disse à BBC News que a “investigação policial está em andamento” sobre o incidente e “não há preocupações adicionais de segurança neste momento”.



Trump estava no tribunal quando tudo ocorreu. O ex-presidente foi retirado dali por um agente do serviço secreto, como mostram imagens em vídeo feitas no local.

Não há informações de para onde Trump foi levado.

Panfletos jogados pelo homem que ateou fogo em si mesmo no parque Collect Pond, que fica em frente ao tribunal onde Donald Trump está sendo julgado em 19 de abril de 2024. — Foto: Brendan McDermid/Reuters

Segundo uma testemunha ouvida da BBC News no local, o homem esteve nos arredores do tribunal durante toda a semana segurando um cartaz.

Julie Berman, residente em Manhattan, disse ter visto o momento em que o homem ateou fogo em si mesmo.

Segundo Berman, ele jogou papéis no ar depois de jogar em seu corpo algum tipo de líquido duas vezes.

“Tudo aconteceu tão rápido”, afirmou ela. “Demorou para minha mente conseguir acompanhar.”

Uma pessoa teria gritado para o homem “não faça isso” antes de ele atear fogo em si mesmo.

Policiais e socorristas no local onde homem ateou fogo em si mesmo, em frente ao tribunal onde Donald Trump está sendo julgado, em 19 de abril de 2024. — Foto: Brendan McDermid/Reuters

Outra testemunha disse que estava circulando em torno do tribunal quando viu o homem pessoa se autimolar.

Dave parecia visivelmente abalado enquanto falava com a imprensa. Ele pediu que jornalistas não divulgassem seu sobrenome nem publicassem uma imagem sua.

O incidente foi algo “que eu nunca quis ver”, disse ele. “Vai estar sempre em meus pesadelos. Aconteceu muito rápido”.

Quando questionado se alguém tentou ajudar, ele respondeu: “O que você faz [diante disso]?”.

Dave disse que pessoas ficaram horrorizadas e começaram a gritar quando perceberam o que estava acontecendo.

“Ele estava em chamas e parecia obviamente determinado a fazer isso”, afirmou ele.

Por que Trump está sendo julgado

Donald Trump é o primeiro ex-presidente dos EUA a enfrentar processo criminal. — Foto: EPA via BBC

Trump, de 77 anos, é o primeiro ex-presidente dos Estados Unidos a enfrentar um processo criminal.

O republicano é acusado de ter falsificado registros comerciais para ocultar um pagamento secreto feito à estrela pornô Stormy Daniels, pouco antes das eleições de 2016, que ele venceu. O ex-presidente nega a acusação.

Os promotores dizem que Trump fez isso para “influenciar ilegalmente” as eleições. O ex-presidente nega a acusação.

Trump pode pegar no máximo quatro anos de prisão se for condenado, mas também pode ser punido apenas com uma multa.

O julgamento histórico do ex-mandatário tem como pano de fundo a campanha presidencial deste ano — e pode, em última análise, acabar com o provável candidato republicano se tornando condenado em julgamento criminal meses antes de os eleitores irem às urnas em novembro.

Ainda não está claro se o julgamento continuará nesta sexta-feira após o incidente.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mauro-vieira-pede-a-chanceler-iraniano-‘maxima-contencao’-apos-ataque-atribuido-a-israel,-diz-itamaraty

G1 Mundo

Mauro Vieira pede a chanceler iraniano ‘máxima contenção’ após ataque atribuído a Israel, diz Itamaraty

Possível ataque israelense ao Irã causa reações em todo o mundo “O Brasil apela a todas as partes envolvidas que exerçam máxima contenção e conclama a comunidade internacional a mobilizar esforços no sentido de evitar uma escalada”, afirmou o Itamaraty. "Esse apelo foi transmitido diretamente pelo Ministro Mauro Vieira ao chanceler do Irã, Hossein Amir-Abdollahian, em encontro bilateral ocorrido hoje na sede da Organização das Nações Unidas, em Nova York”, […]

today19 de abril de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%