G1 Mundo

O senador youtuber japonês expulso por nunca ter comparecido ao Parlamento

today14 de março de 2023 7

Fundo
share close

Yoshikazu Higashitani foi expulso nesta terça-feira (14) por seus colegas do Senado.

Ele não compareceu a um único dia de sessões do Parlamento desde que foi eleito para o cargo há sete meses.

O comitê disciplinar do Parlamento decidiu removê-lo da posição por sua ausência contínua.



Os eleitores elegeram Higashitani para a Câmara Alta em julho passado. Ele é mais conhecido como GaaSyy no YouTube, onde é famoso por seus vídeos de fofocas de celebridades.

A expulsão é a punição mais severa que um legislador pode receber. Aconteceu apenas duas vezes no Japão desde 1950 – e esta é a primeira vez que um parlamentar foi expulso por ausência contínua.

O Senado deve formalizar sua decisão ainda esta semana.

Acredita-se que o legislador – que foi apelidado de ‘senador ausente’ – viva nos Emirados Árabes Unidos.

Até agora, ele se recusou a comparecer ao Parlamento porque teme ser preso por acusações de fraude e difamação de celebridades, informou a mídia japonesa.

Ele é um dos dois membros eleitos do partido de oposição Seijika Joshi 48. A legenda de proposta única – anteriormente conhecido como Partido NHK – pede apenas reformas na emissora pública do Japão.

O partido ainda muda regularmente de nome por motivos de publicidade, informou o jornal Asahi Shimbun.

O Parlamento do Japão expulsou um youtuber que virou senador, mas nunca apareceu no trabalho. — Foto: Getty Images via BBC

Na semana passada, o Parlamento exigiu que Higashitani pegasse um avião para Tóquio para apresentar, pessoalmente, um pedido de desculpas por sua ausência. Os legisladores disseram que esta seria sua última chance de redenção.

Mas Higashitani não compareceu à sessão plenária.

Em vez disso, anunciou em seu canal no YouTube que estava indo para a Turquia – e que planejava doar seu salário para as operações de socorro ao terremoto que atingiu o país em fevereiro.

Sua ausência irritou o Senado e seus membros abriram uma votação para a sua expulsão.

O único outro colega de partido de Higashitani, o parlamentar Hamada Satoshi, argumentou que era ilegal retirá-lo do cargo por conta de sua ausência nas sessões. No entanto, o comitê votou unanimemente para expulsá-lo.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

“igrejas-que-nao-evangelizam-morrerao”,-alertam-lideres-da-inglaterra

Gospel Prime

“Igrejas que não evangelizam morrerão”, alertam líderes da Inglaterra

Líderes cristãos se reuniram na Conferência Ekklesia em Londres, na última semana, para discutir ideias que podem trazer mudanças efetivas para o Reino de Deus. O evento, organizado pela Share Jesus International, explorou a vida real da igreja e contou com a participação de Nicky Gumbel, vigário da congregação anglicana Holy Trinity Brompton (HTB) em Londres. Durante o evento, Nicky compartilhou algumas das lições que aprendeu durante seu mandato como […]

today14 de março de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%