Prefeitura de Guarujá

Obras de contenção do Morro Barreira do João Guarda estão 85% concluídas

today21 de fevereiro de 2024 2

Fundo
share close

Utilizando técnicas modernas, a obra de contenção das começa a receber solo grampeado verde; investimento total na obra é de R$ 33,7 milhões

As obras de contenção das encostas do Morro Barreira do João Guarda começaram a receber a aplicação de solo grampeado verde. Neste momento, 85% das intervenções já estão concluídas, e a entrega dessa moderna e ousada obra está marcada para este semestre.

Já é possível observar além da construção de escadas hidráulicas, do jateamento de concreto, da finalização do muro atirantado e da colocação de tirantes, todas técnicas realizadas com rapel devido às características do terreno, que é bastante íngreme. O solo grampeado verde chama a atenção de quem passa pelo local.

Para a realização das intervenções, a Prefeitura investe R$ 12.151.237,24 de recursos municipais, somados ao repasse de R$ 21.613.994,46, da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), do Governo Estadual. O total de investimentos é de R$ 33,7 milhões.

Outros trechos



A intervenção já conta com trechos concluídos. A galeria de drenagem pré-moldada está pronta, assim como o serviço de microdrenagem que envolve o último quarteirão da Avenida Atlântica, com guias e sarjetas e bocas de lobo. Os serviços de macrodrenagem, que são as galerias e o canal no entorno do morro, também já estão finalizados.

Para o secretário municipal de Infraestrutura e Obras (Seinfra), os métodos utilizados na obra são diferenciados e bastante minuciosos. “Essa é mais uma das grandes obras que são realizadas na Cidade atualmente, utilizando modernas técnicas de contenção, assim como foi feito no Morro da Bela Vista”, explica.

Intervenções são feitas com a utilização de rapel

Um dos grandes desafios é o fato de não ser possível subir caminhão. Por esse motivo, são usados andaimes e profissionais trabalham utilizando rapel. Entre as técnicas utilizadas, estão cortina atirantada, solo grampeado com concreto projetado, solo grampeado verde (MacMat) e hidrossemeadura.

Ainda são realizadas obras complementares aos serviços de contenção, como a construção de escadas hidráulicas nas bordas do morro para diminuir a velocidade da água, que será direcionada em galeria de concreto pré-moldado para uma interligação no canal da Avenida Atlântica. O trecho ainda receberá pavimentação, guias e sarjetas e drenagem.

Histórico

O Morro Barreira do João Guarda foi um dos mais afetados por deslizamentos na tempestade de março de 2020, que assolou diversos pontos da Baixada Santista. Desde a ocorrência, a Prefeitura realizou diversos pedidos solicitando a liberação de verbas para a realização das obras e, por meio da SDR, a Cidade obteve o recurso necessário.

As intervenções realizadas atualmente serão semelhantes ao trabalho que já foi realizado no Morro da Bela Vista, popularmente conhecido como Morro do Macaco Molhado, que visam oferecer mais segurança aos moradores e bairros adjacentes, evitando novas tragédias.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Prefeitura de Guarujá.

Por: Geilton Junior

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

incendio-que-atingiu-galpoes-com-produtos-da-receita-federal-em-santos-entra-em-fase-de-rescaldo;-ainda-ha-risco-de-desabamento

G1 Santos

Incêndio que atingiu galpões com produtos da Receita Federal em Santos entra em fase de rescaldo; ainda há risco de desabamento

Em entrevista à repórter Marcela Pierotti, da TV Tribuna, afiliada da Globo, o tenente dos bombeiros Moreira Lima disse que a situação está bem mais calma e controlada. “Não há risco de propagação [do fogo]. E, hoje [quarta-feira], a gente conseguiu debelar todas as chamas. Estamos entrando em processo de rescaldo", afirmou. O Corpo de Bombeiros informou que, por volta de 6h40, ainda havia focos de incêndio na Rua Dr. […]

today21 de fevereiro de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%