G1 Mundo

ONU diz que funcionário morreu em ataque a veículo identificado em Gaza

today14 de maio de 2024 7

Fundo
share close

A morte, segundo a ONU, é a primeira de um funcionário estrangeiro da organização, que já perdeu outros 190 palestinos que trabalhavam para diferentes agências da ONU na guerra entre Israel e Hamas em Gaza.

A nacionalidade da vítima não foi divulgada.

A ONU disse que funcionário morto estava dentro de um veículo identificado com logos do Departamento de Segurança das Nações Unidas (DSS), braço da ONU responsável pela segurança das agências e programas da organização.



O carro, ainda segundo a organização, foi atingido quando a equipe se encaminhava a um hospital em Rafah, no extremo sul de Gaza e onde Israel iniciou esta semana uma incursão.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou estar “profundamente entristecido”, disse Farhan Haq, porta-voz de Guterres, e pediu uma “investigação completa” do incidente, acrescentou.

O governo de Israel ainda não havia se pronunciado sobre o caso até a última atualização desta reportagem.

Mais de 450.000 deixaram Rafah

Palestinos chegam a abrigos da ONU após deixarem a cidade de Rafah, no sul de Gaza, amontoados na caçamba de um veículo, em 12 de maio de 2024. — Foto: AFP

Também nesta terça-feira, a ONU disse que o número de pessoas que saíram de Rafah desde o início das operações de Israel na cidade passaram de 450 mil pessoas.

Eles estão sendo levados a campos de refugiados e abrigos temporários montados em cidades próximas.

Rafah, no extremo sul da Faixa de Gaza, era considerado o último refúgio para palestinos que fugiram de ataques israelenses no norte e no centro do território palestino. Cerca de 1,5 milhão de pessoas, mais que o dobro da população de Gaza, estavam na cidade antes de Israel iniciar operações por lá.

O governo israelense alega que Rafah também é o último bastião de poder do Hamas e que precisa fazer a incursão para eliminar totalmente o grupo terrorista.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

justica-determina-que-plano-de-saude-ofereca-tratamento-a-menina-com-autismo-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Justiça determina que plano de saúde ofereça tratamento a menina com autismo no litoral de SP

A decisão foi do juiz Marcelo Machado da Silva, que ressaltou que a criança possui autismo, o que, para ele, é notório que as condições específicas desses pacientes ensejam, especialmente quando menores de idade, instabilidade e desconforto no trajeto de longas distâncias. Na inexistência de clínica em Guarujá, o convênio deverá arcar com a totalidade do tratamento em estabelecimento não credenciado, o que se dará mediante pagamento direto a ser […]

today14 de maio de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%