G1 Santos

Operação no litoral de SP tem mais um policial baleado após morte de PM Rota com tiro no rosto

today3 de fevereiro de 2024 1

Fundo
share close

Mais um policial militar foi baleado durante nova a Operação Escudo, que deflagrada na Baixada Santista após o assassinato do PM da Rota Samuel Wesley Cosmo, na noite de sexta-feira (2). As informações são do Secretário de Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, que não divulgou os locais dos confrontos. “Graças a Deus, os ferimentos foram leves”, publicou no Twitter.

Ainda de acordo com o secretário, os criminosos foram neutralizados pelas equipes da Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota). “Seguimos em operações”, disse Derrite. O g1 entrou em contato com a SSP-SP para saber se os homens “neutralizados” foram mortos, mas ainda não obteve resposta.

Derrite garantiu, ainda, que a corporação não poupará esforços para localizar os criminosos que mataram Samuel, que tinha 35 anos e atuava na PM há 13. Ele era casado e tinha duas filhas bebês.



Samuel foi socorrido e levado em estado grave à Santa Casa de Santos, onde passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos. O g1 entrou em contato com a unidade de saúde, mas mas não teve retorno até a última atualização desta reportagem.

O secretário de segurança garantiu que o governo dará todo o apoio à família de Samuel e não poupará esforços para que o crime não fique impune. Derrite esteve em Santos na noite de sexta-feira (3)

“Iniciamos uma operação para localizar os criminosos que covardemente balearam o soltado Cosmo, policial de Rota, durante incursão em região sob influência do crime”, escreveu Derrite no Twitter, na noite de sexta-feira.

O corpo do policial militar Samuel Wesley Cosmo está sendo velado na manhã deste sábado (3) na sede da Rota, no Centro de São Paulo.

Operação Escudo de 2023: 40 dias e 28 mortos

Uma Operação Escudo foi instaurada na região em julho de 2023, após a morte do também PM da Rota, Patrick Bastos Reis. Na ocasião, o agente foi baleado durante patrulhamento em Guarujá (SP).

No total, esta Operação Escudo teve 40 dias de duração na região. Conforme apurado pelo g1 à época, 28 pessoas morreram em supostos confrontos com a polícia.

PM da Rota morto era da capital de SP e estava em serviço quando foi atingido por criminosos — Foto: Arquivo Pessoal

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

baixada-em-pauta-#168:-carnaval-com-samba-enredo-chiclete-e-coisa-do-passado-apos-mudancas;-entenda

G1 Santos

Baixada em Pauta #168: Carnaval com samba-enredo chiclete é coisa do passado após mudanças; entenda

Em ritmo de Carnaval o Baixada em Pauta recebeu o cantor, músico e comentarista Mano Jotta, e o cantor Chitão Martins, que é o interprete dos sambas-enredos da União Imperial, em Santos, no litoral de São Paulo, e da Independente, na capital. Durante o podcast, ambos comentaram sobre as mudanças na construção dos sambas-enredos e concordaram ser difícil emplacar novas músicas que ficarão eternizadas na história do Carnaval, como é […]

today3 de fevereiro de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%