G1 Mundo

Opositora impedida de assumir cargos públicos declara vitória em primárias na Venezuela

today24 de outubro de 2023 3

Fundo
share close

A oposição realizou a disputa para escolher um candidato de unidade para enfrentar o presidente Nicolás Maduro em sua provável candidatura à reeleição no próximo ano, em meio a promessas dos Estados Unidos de reverter o alívio das sanções se o governo não suspender as proibições que impedem algumas figuras da oposição de ocupar cargos.

Machado, que se comprometeu a privatizar a empresa estatal de petróleo PDVSA se eleita presidente, estava contabilizando 93% dos votos, com mais de 26% das urnas apuradas, informou a comissão organizadora das primárias por volta da meia-noite de domingo (horário local).

Esperava-se que a contagem — atrasada por um bloqueio de servidor — continuasse na segunda-feira. Não ficou claro quando seria feita a próxima atualização dos resultados.



A participação na votação, organizada sem a ajuda do governo, foi mais do que o dobro do esperado em alguns Estados, apesar da realocação dos locais de votação, das longas filas e da falta de gasolina e transporte público em algumas áreas.

Imagem de Nicolás Maduro com barras de ouro — Foto: Reuters

O rival mais próximo de Machado, o ex-legislador Carlos Prosperi, tinha 4,75% dos votos. Machado, 56 anos, aparecia com cerca de 40 pontos de vantagem sobre seus rivais nas pesquisas.

Em 2015, o regime venezuelano a condenou porque ela teria deixado de declarar alguns benefícios que teria recebido –ela nega que tenha recebido esses benefícios. Este impedimento estava para vencer, mas o regime venezuelano prorrogou a proibição que havia sido determinada pelas seguintes razões:

  • Machado apoiou sanções dos Estados Unidos ao governo de Maduro.
  • Machado apoiou o ex-líder da oposição Juan Guaidó.

Essa decisão de prorrogar o veto a Machado foi motivado por um pedido de um deputado aliado do governo de Nicolás Maduro, José Brito, que serve na Assembleia Nacional (o órgão legislativo controlado pelo partido governista) a respeito da proibição de 2015.

Machado até pode concorrer nas primárias, pois a oposição realiza essa votação sem apoio estatal, mas ela não poderá se registrar junto às autoridades eleitorais para aparecer na cédula da eleição presidencial.

Na semana passada, a oposição e o governo assinaram um acordo eleitoral que permite que cada lado escolha seu candidato de acordo com as regras internas, mas sem retirar as desqualificações.

Embora cinco pessoas tenham sido libertadas, o governo de Maduro disse na semana passada que aqueles com desqualificações não podem concorrer na disputa de 2024.

A oposição, que afirma que as desqualificações são ilegais, tem se mostrado reticente quanto ao que faria se Machado vencesse as primárias, mas não pudesse concorrer em 2024.

Machado disse que poderia pressionar as autoridades eleitorais para permitir seu registro, enquanto outros argumentaram que será necessário escolher um substituto.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

entenda-como-funciona-o-trabalho-de-repatriacao-de-brasileiros-em-gaza

G1 Mundo

Entenda como funciona o trabalho de repatriação de brasileiros em Gaza

O trabalho da Embaixada foi dividido em três etapas. A primeira visou salvar os brasileiros que estavam na zona de combate. Para tal, os brasileiros foram enviados para o sul de Gaza, em Rafah e Khan Younes. Por exemplo, o brasileiro Hasan Rabee — que está em Khan Younes — é um dos que buscam a abertura da fronteira na região com o Egito para conseguir retornar ao Brasil. Em […]

today24 de outubro de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%