Gospel Prime

Organização de igrejas evangélicas na Alemanha rejeita bênção para união gay

today27 de setembro de 2023 2

Fundo
share close

Falando na assembleia geral da União de Igrejas Evangélicas Livres (FeG), o líder da maior Federação de Igrejas Evangélica Livres na Alemanha, presidente Ansgar Hörsting, afirmou que em um mundo “complexo e cheio de confusão”, os cristãos evangélicos precisam “buscar a unidade”.

Desse modo, a posição da FeG em relação à homossexualidade e a questões LGBT foi o tópico mais comentado no programa da reunião, realizada em Ewersbach. Hörsting disse aos cerca de 400 representantes das 500 congregações locais que “o relacionamento com Deus em Jesus é um alicerce sólido, e o Espírito Santo trabalha e dá orientação e apoio às pessoas” em momentos como esses.

De acordo com Evangelical Focus, a diretoria nacional da denominação apresentou recomendações para igrejas, nas quais é afirmado que a FeG “respeita a Bíblia como Palavra de Deus”. A federação também enfatizou que “a graça de Deus em Jesus Cristo é para todo ser humano, independentemente de características pessoais como origem, gênero, orientação sexual ou status social”.

Além disso, a liderança da FeG deixou claro que “uniões homossexuais não encontram aprovação sob uma perspectiva bíblica”. Embora todos sejam bem-vindos a participar das atividades da igreja, as igrejas livres são orientadas a não celebrar casamentos ou bênçãos de casais do mesmo sexo. Também não é recomendado nomear líderes e pastores que estão em relacionamentos do mesmo sexo.

Durante a assembleia, a maioria dos representantes expressou sua satisfação com o processo de diálogo que ocorreu em 5 regiões antes da assembleia, mas alguns críticos alertaram sobre uma possível divisão futura na denominação se as posições das igrejas teologicamente mais liberais da confederação não fossem incluídas.



Nesse sentido, a diretoria disse que decidiu não obrigar todas as igrejas a seguir a posição oficial, uma vez que algumas congregações ainda estão em um processo de diálogo interno. Outra prioridade era evitar a polarização o máximo possível.

Em uma resposta, o presidente apontou que a FeG já expressou suas opiniões sobre questões LGBT e fé em 2019, mas as igrejas que adotam uma abordagem diferente em relação a essas questões não serão automaticamente expulsas. Por outro lado, igrejas locais que já abençoam uniões homossexuais ou aprovam tal estilo de vida em cargos de liderança não serão convidadas a se juntar à federação.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

onu-aponta-que-violencia-hindu-na-india-ja-deslocou-50.000-e-atingiu-200-igrejas

Gospel Prime

ONU aponta que violência hindu na Índia já deslocou 50.000 e atingiu 200 igrejas

Durante um evento realizado no dia 19 de setembro na sede da ONU, em Genebra, na Suíça, a Relatora Especial da ONU sobre Violência contra Mulheres e Meninas, Reem Alsalem, expressou sua esperança de que a crise em Manipur, que resultou em cerca de 200 mortes, seja a última do tipo. Nesse sentido, Alsalem e outros três especialistas falaram sobre a violência que assolou Manipur, bem como sobre a violência […]

today27 de setembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%