G1 Mundo

Padre polonês que organizou orgia na qual um homem desmaiou é condenado a 18 meses de prisão

today9 de abril de 2024 9

Fundo
share close

Em agosto do ano passado, um homem passou mal na casa do padre por ter tomado muitas pílulas para disfunção erétil. Uma ambulância foi chamada, mas os paramédicos só puderam entrar depois que a polícia chegou.


Imagem da Igreja de Virgem Maria dos Anjos em Dabrowa Górnicza, na Polônia — Foto: Reprodução/Google Maps



Um padre polonês foi condenado a 18 meses de prisão por crimes sexuais e por fornecer drogas a terceiros, disse a agência estatal de notícias PAP nesta terça-feira (9).

As leis de privacidade da Polônia não permitem que se divulgue o nome do padre, e ele passou a ser chamado de Tomasz Z.

O padre passou a ser investigado em agosto do ano passado, após um incidente em que um homem teria desmaiado durante uma orgia na casa do clérigo por tomar muitas pílulas para disfunção erétil.

Uma das pessoas presentes chamou uma ambulância, mas os paramédicos foram impedidos de entrar na casa e só puderam atender o homem após a polícia ser chamada, afirmam as reportagens. 

O gabinete de imprensa da diocese não respondeu a um pedido de entrevistas. 

Tomasz Z foi condenado por ofensas sexuais, fornecimento de drogas e por não ter prestado assistência a uma pessoa correndo risco de vida ou de sérias lesões corporais.

A Diocese de Sosnowiec, no sudoeste da Polônia, está envolvida em escândalo desde que surgiram as reportagens sobre a festa sexual na cidade de Dabrowa Gornicza no ano passado.

O bispo da diocese renunciou, disse o Vaticano na época, sem informar o motivo. Tomasz Z foi dispensado do clero no ano passado após as reportagens. 




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

venezuela-prende-tareck-el-aissami,-ex-ministro-do-petroleo-de-nicolas-maduro

G1 Mundo

Venezuela prende Tareck El Aissami, ex-ministro do Petróleo de Nicolás Maduro

El Aissami, de 49 anos, também foi ministro do presidente Hugo Chávez, que antecedeu Maduro no poder. Em março de 2023, quando ele estava no Ministério do Petróleo, o próprio Maduro deu ordem para investigar um esquema de corrupção envolvendo venda de petróleo por criptoativos na PDVSA (leia mais abaixo). Nesse momento, El Aissami renunciou ao cargo e não apareceu mais em público e nem nas redes sociais. Ele é […]

today9 de abril de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%