G1 Santos

Pai e filho de nove anos descobrem paixão pela Fórmula 1 e se unem nas pistas de kart; VÍDEO

today13 de agosto de 2023 3

Fundo
share close

Ao g1, João contou que, em suas lembranças mais marcantes da infância, a Fórmula 1 estava presente. Desde assistir as corridas aos domingos de manhã com o seu pai, até fingir que era Ayrton Senna enquanto andava de bicicleta.

“Eu estava assistindo com o meu pai quando o Senna morreu. Eu fiquei um tempo sem assistir Fórmula 1, porque toda vez lembrava dele. Mas, com o nascimento do Davi, ele foi crescendo e tudo para ele era carrinho. Então, voltei a assistir e ele ficava do meu lado. Com isso, ele começou a acompanhar mais do que eu”.

A paixão pela Fórmula 1, que aprendeu com o seu pai, foi passada para o filho, que fez um pedido: “quero ser piloto”. João contou que, no começo, relutou, pois queria que Davi seguisse os seus passos na música, mas quando viu que o filho não desistiria, não hesitou em realizar este sonho e foi procurar meios para torná-lo real.



“Demos de presente de aniversário uma corrida de kart, para ele se divertir, e eu vi que ele andava direitinho, fazia todo o traçado certinho, a gente andou junto. Eu falei para a minha esposa: ‘Não é igual uma criança que anda parecendo um carrinho de bate-bate, ele anda como se estivesse correndo’”.

Davi se apaixonou na primeira corrida, mas por não ter idade e tamanho suficiente precisou esperar um ano, com um combinado. “Com boas notas, se comportando e obedecendo em casa, prometemos colocar em um curso de pilotagem de kart, e foi assim que aconteceu”.

Para ajudar o filho no kart, João mergulhou nesse universo e também começou a correr. Juntos, criaram o canal no Youtube ‘Kart Pai, Kart Filho’, onde compartilham a rotina, agora na área profissional, e mostram para outros pais e filhos que é possível praticar um esporte de alto nível desde criança.

À reportagem, Davi contou que pretende ser piloto de Fórmula 1 quando crescer. “Andar de kart é a hora mais divertida do dia, porque a gente se sente muito rápido. Eu penso que poderia ficar fazendo aquilo o dia todo de tão legal que é. Mas, cansa bastante. Eu sempre tento ser o mais rápido possível. Eu quero seguir em frente”, disse.

Pai e filho descobrem paixão pela Fórmula 1 e se unem nas pistas de kart — Foto: Divulgação

Apenas seis meses após o primeiro contato com o kart, Davi já participa de competições do esporte na categoria profissional. Segundo João, os professores afirmaram que o pequeno piloto seria um bom investimento. “Um mês de treino no profissional, ele já estava pronto para fazer a primeira corrida. O treinador falou que, geralmente, as crianças levam três meses para conseguir”, contou João.

Ao ser questionado sobre as suas inspirações nos esportes de automobilismo, Davi não hesitou. “Na Fórmula 1 é o Lewis Hamilton, sete vezes campeão mundial. No kart, é o papai”.

Davi vive uma rotina intensa de treinos na pista e no simulador, natação, artes marciais e idiomas. João afirmou que quer deixar o filho preparado para o que lhe aguarda futuramente.

“Queremos inspirar as crianças, mostrar o esporte, e trazer mais automobilismo para a região. Estamos com poucas pistas, quase tudo fechado. Queremos mostrar que o Brasil está respirando novamente o automobilismo, que temos pilotos em grande potencial, e que a próxima geração pode ter pilotos da região”, finalizou.

João Ferreira, de 41 anos, aprendeu a andar de kart para auxiliar o filho, Davi Leite, de 9 — Foto: Divulgação

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

vice-na-chapa-de-candidato-assassinado-disputara-presidencia-do-equador

G1 Mundo

Vice na chapa de candidato assassinado disputará Presidência do Equador

González era candidata à vice-presidente na chapa de Villavicencio. "Andrea González Náder foi a pessoa escolhida por Fernando Villavicencio e pelo Movimiento Construye para substituir o presidente em caso de ausência", afirmou o partido em um comunicado. "O movimento vai substituir o binômio presidencial, colocando Andrea González como presidente". De acordo com o partido, outros nomes foram analisados pelas direções partidárias, mas foram descartados de forma unânime. Ainda segundo o […]

today12 de agosto de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%